18/03/2019 às 16h06min - Atualizada em 18/03/2019 às 16h06min

Polícia Militar Ambiental realiza fiscalização às margens do Rio Aguapeí em Salmourão

O Portal de Notícias AtaNews acompanhou a operação de fiscalização que foi realizada neste último domingo

Lucas Reis, especial para o AtaNews
Fiscalização foi realizada por policiais ambientais da Base Operacional de Panorama - Foto: Lucas Reis
Uma equipe da Polícia Militar Ambiental realizou durante a manhã deste último domingo (17), às margens do Rio Aguapeí em Salmourão, uma operação de fiscalização ambiental visando a preservação do meio ambiente no local. Os policiais militares da Base Operacional da Polícia Ambiental de Panorama realizaram o trabalho de fiscalização com foco no combate à prática da caça ilegal, da pesca predatória, do uso de petrechos proibidos pela legislação e ainda da poluição do leito e das margens do rio.

A equipe de reportagem do Portal de Notícias AtaNews acompanhou e registrou todo o trabalho de fiscalização realizado pelos policiais militares, que caminharam pelas margens do rio à procura de eventuais práticas agressivas ou danosas ao meio ambiente. Durante a fiscalização, a equipe se deparou com uma sacola cheia de garrafas vazias pendurada em uma árvore. O material foi recolhido e levado para ser descartado em local apropriado.



Em conversa com a nossa reportagem, o 2º Sargento PM Sílis, acompanhado do Cabo Irineu e do Soldado Marcos, explicou que o descarte de lixo, a supressão de árvores, e queimadas são proibidos e, as pessoas que forem flagradas nesse tipo de ação podem ser enquadradas e responder pela prática de Crime Ambiental. A pesca próxima aos locais de corredeiras e cachoeiras (200 metros), também é proibida.



Toda prática que agride o meio ambiente pode e deve ser denunciada às autoridades competentes para que os responsáveis sejam identificados e sejam também tomadas as medidas cabíveis. O telefone da base ambiental do município de Dracena, que atende o município de Salmourão e recebe denúncias sobre a prática de crimes ambientais no município é o (18) 3821-1069.





Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »