19/09/2018 às 09h51min - Atualizada em 19/09/2018 às 09h51min

Com Operação Octopus, Gaeco desarticula organização criminosa na região de Rio Preto

Polícia Militar deu amplo apoio ao cumprimento de mandados de prisão

MPSP
Foto: Divulgação
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Milita, deflagraram, na manhã desta terça-feira (18/9), a Operação Octopus para o cumprimento de 33 mandados de prisão temporária e de 25 mandados de busca e apreensão. A investigação, iniciada no final de 2017, identificou os integrantes de organização criminosa que atua dentro e fora dos presídios, na região de São José do Rio Preto. Estão sendo cumpridos mandados de prisão nas cidades de São José do Rio Preto, Catanduva, Barretos, Mirassol e Bebedouro.
 
No decorrer das investigações, além da identificação dos integrantes da célula regional da organização criminosa, centenas de quilos de drogas foram apreendidos, além de armas e valores, possibilitando-se a prisão em flagrante de 22 pessoas e a apreensão de dois adolescentes. A operação conta com a participação de promotores de Justiça e o emprego de 20 viaturas e de 78 policiais, bem como canil e o helicóptero Águia.
 
Simultaneamente, 12 mandados de prisão estão sendo cumpridos com o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária  em relação aos investigados detidos no decorrer das investigações.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »