29/01/2018 às 14h45min - Atualizada em 29/01/2018 às 14h45min

Verdão joga bem e vence o Bragantino por 2 a 0 fora de casa

Keno e Dudu marcaram os gols da quarta vitória do Palmeiras no Paulistão; 100%, time de Roger Machado dispara na liderança do Grupo C.

Palmeiras FC
Foto: Reprodução
Com as voltas de Marcos Rocha, Felipe Melo e Willian ao time titular, além de Michel Bastos de novidade como lateral no lugar de Victor Luis, o Verdão iniciou o jogo dominando completamente o Bragantino, embora a primeira finalização tenha sido dos donos da casa logo aos 2 minutos numa cobrança de falta executada por Vitinho, por cima do travessão. Depois disso só deu Palmeiras.

Entre os minutos 3 e 9, o time do técnico Roger Machado chegou com relativo perigo em 4 oportunidades, mas apenas em uma, com Dudu, o goleiro foi exigido. Com quase 90% de posse de bola, o Verdão seguiu em busca do gol. Aos 17 minutos Borja fez boa jogada pela direita e cruzou para Tchê Tchê, que bateu mal, por cima.

Aos 23 minutos Willian deu bom passe pelo alto para Borja, que conseguiu dominar mas perdeu o ângulo para finalizar, depois ele tentou um drible e foi desarmado. O Bragantino só respondeu aos 24 num chute forte de Vitinho que passou perto do travessão. Aos 34 minutos, depois da pausa para hidratação, a equipe da casa enfim conseguiu articular uma jogada: Ewerton cruzou para Gerley concluir de cabeça, à direita de Jailson.

Após a investida do Bragantino, o Palmeiras perdeu a melhor chance do primeiro tempo; aos 36 minutos Lucas Lima fez ótimo lançamento para Borja, que ganhou do zagueiro no corpo mas na hora da finalização teve o ângulo bem fechado pelo goleiro. Já com o jogo mais equilibrado, os mandantes voltaram a finalizar aos 39 minutos com Vitinho, mas Jailson estava atento.

Nos últimos 5 minutos os dois times seguiram em busca do gol. Aos 42 Antônio Carlos chegou antes do atacante após cobrança de falta. Aos 44 Michel Bastos cruzou rasteiro e Willian bateu para fora. No lance seguinte Evandro arriscou um chute despretensioso de fora da área e viu Jailson defender em dois tempos. Aos 47 minutos Borja tabelou com Willian mas recebeu um passe muito aberto para finalizar, sendo bloqueado pelo zagueiro.

Na etapa final, sem mudanças, o Palmeiras voltou imprimindo um ritmo mais forte, encurralando o Bragantino em seu campo de defesa. Aos 3 minutos Willian tabelou com Borja e cruzou para a área, onde estava Antônio Carlos, que mostrou o porquê de ser zagueiro. Ele tentou dominar, mas não conseguiu.

Apesar de ter mais posse de bola, o time do técnico Roger Machado repetia o "defeito" apresentado no primeiro tempo, ou seja, pecava na hora do último passe ou da finalização. Aos 13 minutos Marcos Rocha cruzou para Thiago Martins escorar por cima do travessão.

Como o gol não saiu antes dos 15 minutos, Roger resolveu mexer, trocando Borja por Keno, que entrou com estrela. Aos 19 Dudu sofreu falta perto da área e ele mesmo cobrou rapidamente, acionando Michel Bastos, que levantou na área; Keno tentou o passe de primeira, mas a bola desviou em Fabiano e morreu dentro da meta de Alex Alves: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Bragantino passou a encontrar ainda mais dificuldade para criar jogadas ofensivas, melhor para o Verdão, que aumentou o controle da partida. Aos 25 minutos Roger Machado promoveu a estreia de Moisés na temporada; Tchê Tchê foi para o banco.

Aos 26 minutos Felipe Melo fez um lançamento espetacular para Dudu, que dominou com estilo; o camisa 7 invadiu a área em velocidade, fintou seu marcador e bateu no ângulo esquerdo do goleiro. Golaço: 2 a 0. Se com 1 a 0 o time da casa não oferecia mais resistência, com 2...

Nos 15 minutos finais o Palmeiras colocou o Bragantino na roda. Aos 34 Guerra teve a oportunidade de participar do "olé"; ele entrou no lugar de Dudu, que saiu ovacionado. O jogo seguiu em ritmo de treino até o apito final do juiz.

Com a vitória, a quarta em 4 rodadas do Paulistão, o time do técnico Roger Machado dispara na liderança do Grupo C com 12 pontos, 5 de vantagem para o segundo colocado (São Bento).

Agora o Verdão para por uma semana pois o próximo jogo está marcado para domingo que vem (04/02) contra o Santos, às 17h, no Allianz Parque. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »