14/09/2018 às 14h46min - Atualizada em 14/09/2018 às 14h46min

Agosto demonstra leve aumento do nível de confiança nos supermercados

Pesquisa feita pela Associação Paulista de Supermercados aponta 33% de otimismo com o futuro, mesmo com as incertezas do cenário político

APAS
Foto: Imagem Ilustrativa
A Pesquisa de Confiança dos Supermercados do estado de São Paulo (PCS/APAS) apresentou, em agosto, um índice de 23,5% de otimismo geral com a situação econômica do setor ante os 16% apresentados em julho.
 
Além disso, a confiança futura saiu de 18%, em julho, para 33% em agosto, o que demonstra que os empresários começam a deixar para trás o desastre econômico da greve dos caminhoneiros e acreditam em uma estabilidade do mercado até as eleições em outubro.
 
Um ponto que chamou bastante atenção na pesquisa foi o otimismo com as vendas futuras, que saiu de 0%, em julho, para 46% em agosto. Esse resultado reflete o crescimento na confiança na evolução do PIB, que aumentou de 18% para 38%.



"Com o resultado das vendas de junho, obtendo 0,92% de aumento quando se esperava uma queda maior devido à paralisação dos caminhoneiros, e com a regularização das entregas, os empresários agora tendem a olhar para a frente novamente. As campanhas eleitorais iniciaram para valer, então começa-se a vislumbrar uma definição da situação do Brasil sobre qual será a tônica do país daqui em diante", comentou Thiago Berka, economista da APAS.
 
A intenção de contratar do setor demonstra que 85% dos supermercadistas devem manter seu quadro de funcionários, não vão nem demitir e nem contratar. Já 15% dos empresários estão mais otimistas com o futuro e acenam com expectativa de contratação. "Esses números são o reflexo de todos os setores que não enxergam motivo para ampliação de vendas ou de suas operações com este cenário recessivo", explicou Berka.
 
Crescimento reportado em julho
 
A pesquisa qualitativa demonstra uma situação de divisão nos resultados. Cerca de 38% dos empresários do setor supermercadista paulista observaram crescimento de 2% a 4%; por outro lado, 23% dos empresários apontaram que tiveram quedas nas vendas.
 
"Nota-se cada vez mais no setor supermercadista que a divisão entre ganhadores e perdedores é nítida, ou seja, há empresas indo bem e outras indo mal. Essa divisão varia muito da localização da loja, a concorrência que enfrentam, o poder de negociação com fornecedores, entre outros fatores", avaliou o economista da APAS.



NOTA METODOLÓGICA

A Pesquisa de Confiança dos Supermercados do estado de São Paulo (PCS/APAS) é apurada mensalmente pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) desde junho de 2011.

Os dados são coletados juntos aos empresários supermercadistas, representando, 85% do faturamento do setor supermercadista do estado de São Paulo, portanto, a amostra é representativa do comportamento do setor no estado de São Paulo. A pesquisa tem como objetivo identificar o nível de confiança dos supermercados com relação ao cenário macroeconômico considerando a percepção atual e a expectativa futura. Desta maneira, os dados são segmentados entre o Resultado Geral, Percepção Atual e Expectativa Futura. As análises dos resultados auxiliam os empresários do setor na tomada de decisão com relação ao reabastecimento, investimentos, compras, estoque. E de maneira geral auxilia o mercado na análise de tendências, plano de negócios, potencialidades, inserção no mercado.

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.508 associados, que somam 3.363 lojas.

Sobre a APAS Regional Araçatuba: Em 2017, a região de Araçatuba foi responsável por 1,3% do faturamento do setor supermercadista no estado, o que equivale a aproximadamente R$ 1,5 bilhão. Aqui, o setor emprega, aproximadamente, 7 mil colaboradores. Só na cidade de Araçatuba o setor de supermercados faturou no ano passado R$ 453 milhões, o que equivale a cerca de 31% da região e 0,4% do faturamento de todo o estado de São Paulo.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »