13/09/2018 às 08h12min - Atualizada em 13/09/2018 às 08h12min

​Engenheiro é amarrado e tem veículo e pertences roubados em Araçatuba

Minutos mais tarde, o veículo foi localizado pela Polícia Militar

AtaNews
Foto: Imagem Ilustrativa
Na tarde de terça-feira (11) um engenheiro de 56 anos foi amarrado a força e teve seu veículo roubado, no bairro Icaray em Araçatuba. Segundo informações, minutos depois a Polícia Militar localizou e prendeu o autor de 42 anos.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima deixou sua caminhonete Mitsubishi/Triton de cor branca estacionada no local, sendo que ao descer do veículo e sair andando, foi abordado por um indivíduo branco, de altura mediana, cabelos pretos e trajando camiseta listrada e calça jeans, o qual estava armado com uma arma de fogo e anunciou o assalto.

O autor colocou a arma no ombro da vítima e exigiu que retornasse ao carro. Em seguida, ordenou que o engenheiro deitasse com o rosto no chão, amarrou seus braços e pernas, além de passar uma fita em sua boca.

Após, o autor pegou o aparelho celular da vítima e as chaves da caminhonete, e se evadiu com a mesma.

A carteira da vítima, que estava no interior do carro, também acabou sendo subtraída. Em seu interior haviam documentos pessoais, dois talonários de cheque, quatro cartões bancários, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e a quantia de R$ 150 em notas diversas.

Há câmeras de segurança nas proximidades que filmaram a ação e a partir disso, policiais foram informados sobre o roubo e iniciaram diligências pelas proximidades no intuito de encontrar o veículo, quando receberam informações de que o rastreador da caminhonete estava pela rua Fundador Vicente Franco, no bairro São Joaquim.

Os policiais se deslocaram de imediato até o local, em uma área de lazer, onde avistaram o veículo na garagem e se depararam com os dois suspeitos próximos ao portão, sendo eles então abordados.

Ao serem indagados, o vendedor logo confessou o assalto, declarando que iria vender a caminhonete para o motorista pelo valor de R$ 10 mil, o qual, após, também venderia o automóvel por R$ 15 mil.

Inquirido sobre a arma de fogo utilizada no roubo, o vendedor informou que a mesma estaria em um dos quartos do imóvel, onde foi encontrada e se tratava de uma pistola calibre 380 municiada com seis cartuchos intactos.

Em contato com a vítima, reconheceu a caminhonete como sendo de sua propriedade. 

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao motorista por receptação tentada, sendo arbitrada fiança criminal no valor de R$ 5 mil, a qual foi paga. O vendedor recebeu voz de prisão por roubo e posse ilegal e arma de fogo, sendo recolhido em cela e colocado à disposição da justiça para audiência de custódia.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »