10/09/2018 às 11h11min - Atualizada em 10/09/2018 às 11h11min

Prudente é a 17ª cidade mais inteligente e conectada do Estado e a 50ª do Brasil

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Presidente Prudente figura mais uma vez entre as 50 cidades mais inteligentes do país. Na classificação geral do Ranking Connected Smart Cities, que avaliou cerca de 700 municípios a partir de 70 indicadores de 11 principais setores, a Capital do Oeste Paulista ocupa a 50ª posição. Levando em consideração apenas o Estado de São Paulo, Prudente é considerada a 17ª cidades mais inteligente e conectada.

Os 11 setores levados em consideração são: Mobilidade; Urbanismo; Meio Ambiente; Energia, Tecnologia; Educação; Saúde; Segurança; Empreendedorismo; Economia; e Governança. De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação (Setec) de Prudente, Rogério Alessi, a classificação do município está atrelada à tecnologia, uma vez que esta ferramenta permite a otimização de serviços prestados pelo Governo.

Exemplificando, ele cita o georreferenciamento de vagas nas escolas da Rede Municipal de Ensino, a informatização do sistema da Secretaria Municipal de Saúde, a desburocratização de serviços prestados pela Prefeitura, como a emissão do alvará online, a Central de Atendimento 156, que também conta com georreferenciamento, o Portal Transparência, entre outros.
 
Nos próximos anos, ele acredita que Prudente possa figurar ainda em posições acima da alcançada neste ano. Isso por conta da criação do Atende Fácil, uma espécie de Poupatempo que reunirá todos os serviços da Prefeitura, e a Fundação Inova Prudente, que já segue fomentando o ensino, a pesquisa e a inovação tecnológica.

“Dentre os indicadores, estão à inovação e a educação tecnológica. Esse é o principal papel do Centro de Inovação, promovendo a capacitação do ensino superior com a Univesp [Universidade Virtual do Estado de São Paulo], a educação tecnológica com o Inova Kids [que atende semanalmente 2 mil crianças], além de cursos e workshops e fomentando as startups, como fizemos no ano passado com o Edital de Fomento à Inovação [que investiu R$ 100 mil para aceleração de projetos]”, salienta.

Vale ressaltar que o Ranking Connected Smart Cities é o principal estudo sobre cidades inteligentes do Brasil. Este é realizado pela Urban Systems em parceria com a Sator.
É feito com o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil através de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »