05/09/2018 às 11h53min - Atualizada em 05/09/2018 às 11h53min

Grife vegana reaproveita garrafas de plástico para criar moda sustentável

O objetivo é se concentrar no uso de materiais que sejam ecologicamente corretos e livres de ingredientes de origem animal

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
A marca de Bagri reutiliza plástico para a fabricação de bolsas e óculos veganos (Foto: Instagram)
A grife LaBante London está reutilizando garrafas de plástico descartadas para criar uma linha de peças veganas de luxo na Inglaterra.

A estilista britânica Vanita Bagri é a fundadora da grife e usa o plástico para criar bolsas e óculos de sol veganos. O objetivo dela é se concentrar no uso de materiais que sejam ecologicamente corretos e livres de ingredientes de origem animal.

Para isso, ela usa garrafas plásticas recicladas para fazer um revestimento de poliéster para suas bolsas. As dust bags também são feitas com tecidos reciclados, e as etiquetas de papel dos produtos são recicladas e recicláveis.


O objetivo da LaBante London é ser ecologicamente responsável e contribuir contra o lixo nos mares (Foto: Reprodução)

Bagri disse à Plant Based News: “Na LaBante London, o estado do nosso meio ambiente é de extrema importância para nós. Há muito plástico sendo jogado nos oceanos, isso afeta a vida marinha”. Quanto mais vai levar para que todos acordem e vejam o problema? Alguém precisa tomar uma posição”.

De acordo com a designer, o poliéster reciclado é feito pela quebra de garrafas PET em pallets, que são então derretidas, resfriadas e fiadas.

“Em vez de usar novos tecidos, usamos esse tecido reciclado, que impede que mais plásticos sejam despejados em aterros sanitários ou em nossos oceanos”,
disse ela à PBN. “Nossa terra é a nossa casa, por isso nos preocupamos em usar produtos reciclados e usar processos de produção que respeitem o meio ambiente”.

Bagri descreve essa filosofia como “moda com respeito”. Ela afirma que quer dar aos consumidores a experiência de luxo, artesanato e uma estética atemporal, respeitando o mundo em que vivemos.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »