04/09/2018 às 11h47min - Atualizada em 04/09/2018 às 11h47min

Catanduva contabiliza 36 casos confirmados de dengue

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Catanduva registrou 36 casos confirmados de dengue do começo do ano até o final de agosto. A situação é considerada sob controle pela Secretaria Municipal de Saúde, que tem monitorado o avanço de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti em reuniões mensais na Sala de Situação de Arbovirores.
 
O encontro mais recente foi realizado na manhã de quinta-feira, dia 30. Dessa vez, como estratégia, o tema foi debatido com a presença de representantes de unidades de saúde do Flamingo, Santa Rosa e Nova Catanduva.
 
As duas primeiras unidades estão no território com maior incidência de vítimas da doença e, juntas, concentram 10 casos de dengue. Enquanto que o terceiro bairro registrou o caso mais recente da doença.
 
A ideia dos participantes é mobilizar forças para afastar os riscos de transmissão em cada região da cidade e saber como agir quando houver a confirmação de casos.

“Diante dos dados apresentados, vamos cobrar uma postura ativa de cada unidade de saúde frente ao controle do vetor”, destacou, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.
 
A maioria dos bairros da cidade teve apenas um caso de dengue registrado esse ano, dentre eles Bom Pastor, Cecap, Euclides, Mestrinelli, Martani, Higienópolis, Alpino, Augusta, Bela Vista, Jardim do Bosque, Del Rey, Glória, Vertoni, Monte Líbano, Pedro Borgonovi, Vila Rodrigues, Vila Motta e Pachá.
 
A Secretaria de Saúde pede que os moradores abram suas casas para as vistorias de rotina da EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti). Além disso, os cuidados com a limpeza dos imóveis devem ser redobrados para eliminar possíveis focos do mosquito.
 
Boletim
 
De acordo com boletim epidemiológico, Catanduva não teve morte provocada por dengue esse ano. A cidade segue sem registrar casos de febre amarela e de chikungunya em 2018. Apenas um caso de zika vírus foi confirmado.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »