31/08/2018 às 15h48min - Atualizada em 31/08/2018 às 15h48min

O que são macro e micronutrientes?

Entenda a diferença entre eles, sua importância e como obtê-los na alimentação diária

Unimed
Foto: Imagem Ilustrativa
Você já ouviu falar em macro e micronutrientes? O nome pode dar a impressão de que é algo difícil de compreender. Mas não. Todos os dias ingerimos macro e micronutrientes. Eles estão presentes em nosso cardápio diário, desde que a alimentação seja balanceada.Todos os nutrientes (macro e micronutrientes) são essenciais para o organismo e cada um deles apresenta um papel fundamental para a saúde.




Em sua maioria, os macronutrientes são nutrientes que ajudam a fornecer energia e o organismo precisa deles em grande quantidade. Água, carboidratos, gorduras e proteínas são classificados como macronutrientes.

Os carboidratos evitam que as proteínas dos tecidos sejam utilizadas para o fornecimento de energia. Os da categoria simples estão presentes no açúcar e no mel; já entre os complexos estão pão, arroz, milho e massa.

As gorduras protegem os órgãos contra lesões, ajuda a manter a temperatura do corpo, a absorver algumas vitaminas e a dar sensação de saciedade.  Já as proteínas são necessárias para o crescimento, construção e reparação dos tecidos e estão presentes também na constituição das células. Elas também estão na composição dos anticorpos do sistema imunológico.



Os micronutrientes são os minerais e as vitaminas. O organismo precisa dos micronutrientes em quantidade menor se comparado aos macronutrientes. Sua principal função é facilitar as reações químicas que ocorrem no corpo. As vitaminas, por exemplo, são essenciais para o funcionamento do metabolismo e regulação da função celular. 
 
No grupo das vitaminas, a vitamina B está presente nos vegetais de folhas verdes. A vitamina C é encontrada nas frutas cítricas. Já as vitaminas A, D, E e K estão no leite, produtos lácteos, óleos vegetais e vegetais de folhas verdes. Já na categoria dos minerais estão cálcio, potássio, ferro, sódio, magnésio, cobre, zinco, cobalto, cromo e flúor.

 Lembre-se de que quanto mais colorido e variado for a composição do seu prato, mais equilibrada será sua alimentação. Ou seja, melhor será a oferta de macronutrientes, micronutrientes, fibras e outros nutrientes.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »