30/08/2018 às 15h11min - Atualizada em 30/08/2018 às 15h11min

Vamos falar de moda sem gênero infantil

Editorial realizado por agência de modelos mostra looks para o dia a dia da criançada

Assessoria de Imprensa, Y Brasil
Foto: Vinícius Hawk

Rosa para elas, azul para eles? Não necessariamente. A questão de gênero já vem sacudindo o mundo da moda há algum tempo e não é diferente com a moda infantil. Com modelagens que podem ser usadas tanto por meninos quanto por meninas, marcas investem cada vez mais na ideia de fazer roupa para criança ser criança.

“Uma peça de roupa unissex pode ter uma estampa interessante para qualquer pessoa e não existe necessidade em enquadrá-lo em um gênero ou outro”, relata a stylist da agência de modelos infantil, Max Fama, Ana Paula Fernandes.”O desafio de se fazer moda sem gêneros é se desprender da ideia, inerente em nós, que as coisas têm que ser divididas e categorizadas", lembra. 

“Essa é uma moda muito rica, que permite inúmeras possibilidades, sem limitações e estereótipos. Os pais podem abusar da criatividade para montar looks incríveis. O mais importante é que a criança se sinta bem com o que está vestindo, sem rotular uma peça de roupa pelo gênero”, finaliza Ana Paula Fernandes.

Pensando nessa riqueza de detalhes, a agência de modelos infantil, Max Fama, fez um editorial com looks sem gênero inspirador e cheio de estilo. Confira!
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »