29/08/2018 às 14h18min - Atualizada em 29/08/2018 às 14h18min

Prefeito de Três Lagoas vai à Brasília para reunião no Ministério da Secretaria Geral de Governo e no Dnit

Entre os assuntos tratados está a cedência da Maria Fumaça para prefeitura de Três Lagoas

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
O prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, esteve em Brasília nesta terça-feira (28), acertando detalhes sobre a viabilização de recursos no Ministério das Cidades e tratando sobre os bens móveis da antiga Rede Ferroviária Federal.

O prefeito esteve no Ministério da Secretaria Geral do Governo, no Palácio do Planalto, onde reuniu-se com o Secretário de Assuntos Federativos, Aldenir Almeida,  tratando sobre recursos do Programa Avançar Cidades que ultrapassam os R$ 70 milhões que deverão ser liberados por meio do Ministério das Cidades.

Esses recursos serão usados em obras de drenagem, pavimentação e acessibilidade em vários bairros de Três Lagoas.  Angelo Guerreiro também esteve no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), acompanhado do diretor de Cultura, Rodrigo Fernandes, onde reuniu-se com Charles Magno Nogueira Muniz,  diretor de Infraestrutura Ferroviária, e Luciano Sacramento, coordenador Geral de Patrimônios Ferroviário, e do chefe de gabinete da senadora Simone tebet, Luiz Carlos Perotto, tratando sobre o patrimônio ferroviário em Três Lagoas.

Novos documentos referentes aos bens móveis pertencentes ao espólio da Noroeste do Brasil foram entregues. Esses levam registros e patrimônios para que, sob a guarda da Prefeitura, façam parte dos projetos culturais do município, dada a importância dos antigos maquinários que, segundo Rodrigo Fernandes, tem valor cultural imensurável, especialmente a parte que trata da caldeira da Maria Fumaça.

Guerreiro recebeu garantias de que a Maria Fumaça Continuará em Três Lagoas. “Vamos fazer toda análise dos maquinários e vagões solicitados, fazer um termo de compromisso e, em seguida, um termo de cessão para Três Lagoas”, disse Charles Magno.

Guerreiro e Rodrigo Fernandes entregaram uma relação de máquinas e vagões condicionáveis que poderão ter uma destinação importante para a preservação da história.  “A locomotiva é sua” afirmou Charles Magno a Guerreiro.

Foram tratados também na reunião, assuntos sobre a cedência dos barracões e outros bens da N.O.B. que deverão ser cedidos ao Município, mas que serão discutidos detalhadamente mais adiante.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »