17/08/2018 às 10h25min - Atualizada em 17/08/2018 às 10h25min

Votuporanga recebe oficina do Festival de Música Instrumental de Araçatuba

Profissionais vão abordar variedade de ritmos e discutir questões técnicas, a fim de estimular a criatividade dos participantes; inscrições estão abertas

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A Escola Municipal de Artes “João Cornachione – Oscarito” de Votuporanga recebe, no sábado (18/8), “A diversidade rítmica na América, seus instrumentos e criatividade”, com os profissionais da música e educadores Daniel Freitas e Cristiano Pereira da Silva. A atividade é parte do Festival de Música Instrumental de Araçatuba (MIA) e destina-se a músicos, professores e estudantes de música, pedagogos e apreciadores dos instrumentos de percussão. A oficina é gratuita e está com inscrições abertas.

Em “A diversidade rítmica na América, seus instrumentos e criatividade”, Daniel e Cristiano vão abordar a grande variedade de ritmos presentes no continente e os diversos instrumentos de percussão. Também vão discutir questões técnicas, a fim de estimular a criatividade dos participantes. O projeto faz parte da itinerância estadual do MIA e é uma realização da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, da Poiesis – Organização Social de Cultural e das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo.

Os interessados, com idade acima de 16 anos, podem fazer a inscrição pelo e-mail [email protected], informando nome completo, número do documento de identidade e telefone, ou comparecer na Escola de Artes, que fica na Rua São Paulo, 3546. As vagas são limitadas.
 
Os oficineiros

Daniel Freitas é músico profissional há 20 anos, graduado em Educação Musical, educador e professor de bateria e percussão, compositor, músico de estúdio, produtor de eventos culturais e Presidente da Associação Livre dos Músicos de Araçatuba (Alma). Escreveu um método de bateria com três níveis (básico, intermediário e avançado) e um outro de cajón inédito no Brasil. O resultado desse estudo, “O cajón, suas histórias e seus sons”, foi lançado pela editora Musical Concept. Freitas desenvolve pesquisas e escreve artigos sobre a musicoterapia e a neurociência.

Cristiano Pereira da Silva iniciou seus estudos no conservatório Santa Cecília, onde se formou e também lecionou bateria. Estudou no Conservatório Dramático Musical Carlos de Campos, em Tatuí. É formado em Educação Musical pela Universidade Metropolitana de Santos (Unimes). Atualmente, Silva trabalha como Educador Musical no Projeto Guri e é pós-graduando em Educação Musical. Integra o Grupo de Percussão Experimental 12Mão, reconhecido internacionalmente pela inovação na concepção de peças para cajón. Com o 12Mão, participou do Festival Internacional de Cajóns e Percussão de Lima, no Peru.
 
O MIA

Neste ano, foi realizada a terceira edição do Festival de Música Instrumental de Araçatuba. A diversidade de gêneros e sonoridades dentro do vasto universo da música instrumental é o ponto que move o Festival. O MIA abrange diversos estilos musicais: rock, jazz, choro, forró, samba, funk, fusion e música caipira. Além da troca entre músicos e plateia, o festival ainda contempla os estudiosos com atividades formativas de bateria, guitarra e improvisação musical.
 
SERVIÇO

Evento
: Oficina A diversidade rítmica na América, seus instrumentos e criatividade, com Daniel Freitas e Cristiano Pereira da Silva
Local: Escola Municipal de Artes “João Cornachione – Oscarito” | Rua São Paulo, 3546
Data: 18 de agosto (sábado)
Horário: 9h às 18h
Realização: Prefeitura de Votuporanga (por meio da Secretaria da Cultura e Turismo), Poiesis e Oficinas Culturais do Estado de São Paulo
Evento Gratuito | Classificação indicativa: 16 anos
Vagas limitadas | Inscrições feitas na Escola Municipal de Artes ou pelo e-mail [email protected]

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »