26/07/2018 às 14h16min - Atualizada em 26/07/2018 às 14h16min

Justiça Eleitoral inicia os preparativos para as eleições 2018 em Salmourão

"A reportagem do Portal de Notícias AtaNews falou com funcionários do cartório eleitoral que estiveram presentes na data de ontem (25) no município, realizando a coleta de assinaturas"

Lucas Reis, especial para o AtaNews
Foto: Divulgação
A justiça eleitoral do município de Lucélia, responsável pelo atendimento dos eleitores de Salmourão, iniciou na tarde de ontem (25) os trabalhos práticos para a realização das eleições do próximo mês de outubro.

Durante o período da tarde, uma equipe do cartório eleitoral de Lucélia esteve em uma das salas da Câmara Municipal para realizar a coleta de assinaturas dos presidentes, mesários, secretários e também dos suplentes que irão integrar as mesas receptoras de votos no primeiro e no segundo turno de votação, caso se faça necessário.

A equipe veio até Salmourão para facilitar a ratificação do termo de ciência de convocação para o serviço eleitoral, uma vez que, com a presença dos funcionários da justiça eleitoral no município, os voluntários não precisam se deslocar até a cidade de Lucélia, como acontecia antigamente, quando a cidade era atendida pelo cartório de Osvaldo Cruz.

De acordo com Altemir José da Silva, chefe do cartório eleitoral de Lucélia, além da prestação de serviços nos dias 07 e 28 de outubro, os mesários já estão orientados quanto a realização da reunião de treinamento e, no caso dos presidentes de seção, já foram realizadas as convocações para os trabalhos de preparação com as urnas nos sábados anteriores à data dos pleitos.

Altemir destaca que, quem participa como voluntário nas eleições tem diversos benefícios, como a isenção de taxa de inscrição em concurso público estadual, a dispensa do trabalho pelo dobro dos dias de convocação, sem prejuízo de salário, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral, além de o exercício das atividades de mesário serem consideradas como critério de desempate em concurso público, desde que haja previsão no edital.

Quanto aos servidores públicos, o exercício das atividades de mesário será considerado como critério de desempate, em caso de promoção (Lei nº 4.373/65 - Cód. Eleitoral, Art. 379, §§ 1º e 2º). Outras vantagens são o reconhecimento público de serviços prestados à Justiça Eleitoral, como as horas complementares e/ou extracurriculares nas universidades conveniadas por serviços prestados à Justiça Eleitoral, sendo 30 (trinta) horas para o primeiro turno e 24 (vinte e quatro) horas para o segundo turno, se houver.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »