18/07/2018 às 10h54min - Atualizada em 18/07/2018 às 10h54min

Hospital Nossa Senhora das Graças em Sete Lagoas corre o risco de fechar

Luana Moreira Depto. de Jornalismo
Assessoria de Imprensa Naves Coelho
O Hospital Nossa Senhora das Graças é uma entidade filantrópica com mais de 138 anos de fundação e atende uma população aproximada de 650 mil habitantes em 35 municípios constantes da região. Os atrasos nos repasses salariais de funcionários, médicos e fornecedores; a falta de medicamentos; o risco de suspensão de serviços de laboratório, lavanderia e oxigênio; e o possível fechamento da Casa de Apoio à Gestante de Alto Risco e Puérpera (Cagep), por falta de repasse de verba desde maio de 2016, está gerando conflitos para os servidores e pacientes.
 
Segundo o conselheiro administrativo do Hospital, Nilo Antônio de Oliveira Campos, a instituição de saúde está operando com um déficit mensal de 700 a 950 mil reais. “A instituição precisa de R$ 7 milhões de imediato, para equilibrar suas contas, e lembrando que só o Governo do Estado está devendo ao hospital perto de R$ 5 milhões. O risco de fechamento é notório”, adverte.
 
A maternidade do hospital é hoje a quarta maior do interior de Minas Gerais, atendendo aos 35 municípios da rede SUS, – com a renda média de 400 partos por mês –, e assim como todos os outros serviços (cardiologia, hemodiálise, oncologia etc.) está sob risco devido à falta de repasse de verbas do Estado. Mais informações poderão ser obtidas na diretoria do hospital pelo telefone (31) 2107 6009.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »