28/05/2018 às 14h03min - Atualizada em 28/05/2018 às 14h03min

Prefeitura de Birigui decreta Estado de Emergência em razão da escassez de combustível

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

O prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, decretou na manhã desta segunda-feira, dia 28 de maio, Estado de Emergência no município em razão da escassez de combustível nos postos de abastecimento do país.
 

A paralisação nacional dos caminhoneiros, iniciada em 21 de maio, acarretou o desabastecimento de combustível no município. O estoque municipal conta com combustível para atender até, no máximo, quarta-feira, dia 30 de maio.
 

Sendo assim, até quarta-feira, dia 30, os veículos da Prefeitura de Birigui continuam seus serviços diários, tendo como prioridade:
 

1-o atendimento à saúde, em especial o transporte de pacientes e a distribuição de insumos e medicamentos;

2-atendimento ao transporte de alunos e distribuição de alimentação para as escolas e creches;

3-transporte coletivo urbano;

4-coleta de lixo;

5-manutenção na rede de distribuição de energia elétrica, concessionária CPFL;

6-Segurança Pública;

7-Defesa Civil.

“Estamos montando uma logística para não paralisar o transporte escolar, ambulâncias (urgência e emergência) e viagens de pacientes que fazem quimioterapia, radioterapia e hemodiálise. Pedimos a compreensão da população”, falou o prefeito Cristiano Salmeirão.
 

A coleta de lixo segue até quarta-feira, porém, a partir de quinta-feira, caso não haja combustível, a coleta sofrerá redução.
 

Lembrando que quinta-feira, dia 31, é feriado nacional, e sexta, dia 1 de junho, é ponto facultativo. Sendo assim, as escolas da Prefeitura não atenderão na quinta e na sexta-feira. Caso o município não tenha combustível até domingo (3), as aulas da segunda-feira, dia 4 de junho, serão suspensas.
 

Antes da assinatura do decreto, o prefeito reuniu sua equipe de governo e instituiu o Comitê de Gestão de Crise do Município, que foi formado pelas secretarias municipais de Administração, Negócios Jurídicos, Serviços Públicos, Saúde, Educação e Segurança Pública, sob a coordenação do prefeito Cristiano Salmeirão.
 

“Este comitê será responsável pela avaliação e execução de medidas de urgência, visando garantir a vida, a segurança, evitando o risco coletivo, em particular para os usuários dos serviços públicos”, completou o prefeito de Birigui.
 

O comitê também atuará visando as integridades da segurança pública, do patrimônio público e dos servidores municipais.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »