24/05/2018 às 11h23min - Atualizada em 24/05/2018 às 11h23min

Seres humanos são responsáveis pela morte de 83% dos mamíferos selvagens

Grande parte desses assassinatos estão diretamente relacionados à prática da pecuária

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Um estudo recente comprova que humanos compõe apenas 0,01% dos seres vivos no planeta Terra. Estamos em menor quantidade, mas isso não nos impede de sermos responsáveis pela morte de cerca de 83% dos mamíferos selvagens.

“Eu fiquei chocado em descobrir que não havia uma estimativa aperfeiçoada e abrangente de todos os diferentes componentes da biomassa,” disse em entrevista ao jornal britânico The Guardian o Prof. Ron Milo, do Instituto de Ciência de Israel, responsável pela pesquisa.

Esse foi o primeiro estudo que se propôs a mostrar de uma forma bem abrangente e em dados reais a proporção terrestre entre seres humanos e outras formas de vida.  A importância está, principalmente, em perceber que a insignificância se reduz apenas à quantidade, já que os impactos de nossas ações são imensuráveis a todos os outros seres.

De acordo com o professor, o maior responsável por esses dados é a pecuária. Dos mamíferos vivos hoje, 4% são animais selvagens, 36% somos nós, seres humanos, e os outros 60% são mantidos em cativeiro pela indústria da carne. Entre eles estão, majoritariamente, vacas e porcos.

A situação calamitosa não se restringe apenas aos mamíferos. A pesquisa mostra ainda que 70% da população de aves está encarcerada em fazendas de avicultura. Apenas 30% estão em liberdade. “Eu espero que isso dê às pessoas uma perspectiva do papel decisivo que a humanidade tem na Terra,” Milo conclui.

Ron Milo admite que os resultados foram tão chocantes para ele, que resolveu reduzir a quantidade de carne que consome – e indica que os outros optem por seguir o mesmo caminho, e diminua a nossa dependência dessa indústria cruel.

Para que realmente possamos trilhar um caminho em direção a um estilo de vida sustentável, livre de crueldade e que seja benéfico para todos, não apenas para uma pequena parcela da população, precisamos optar por um estilo de vida baseado em ingredientes e produtos de origem vegetal. Não podemos mais explorar os animais.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »