29/06/2022 às 13h08min - Atualizada em 29/06/2022 às 13h08min

Secretaria de Saúde reforça a importância da vacina BCG

PMA
Foto: Divulgação
Às vésperas do dia 1º de julho, a Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, destaca a importância da vacina BCG (Bacilo de Calmette & Guérin). A data é comemorativa à descoberta da vacina, em 1921.

Segundo a apuração do DataSUS, a taxa de cobertura vacinal da BCG está baixa. Em 2020 chegou a ter uma queda de 26,4%. Segundo o Ministério da Saúde, isto ocorreu devido o começo da pandemia do Covid-19. A secretária de saúde, Carmem Guariente diz que é importante o alerta, para que os pais ou responsáveis vacinem seus filhos, “pois a prevenção é o maior remédio”. Em Araçatuba as vacinas são aplicadas uma vez por semana nas UBS e com agendamento. Nas terças-feiras na UBS Umuarama I e às quartas-feiras na UBS TV.

A vacina

A BCG é considerada uma das principais vacinas que ajudam a proteger as crianças de doenças como, meningite tuberculose e a tuberculose miliar. A tuberculose é uma doença grave, tendo sua transmissão por uma bactéria, e é passada de pessoa para pessoa, por meio de tosse, espirro ou fala. Como resultado, pode afetar os pulmões, rins, ossos e as meninges, a membrana que envolve o cérebro. É recomendado que a vacinação seja aplicada ainda em recém-nascidos e para as pessoas que tiveram ou tem algum contato com pessoas que sofram de hanseníase (lepra).

A vacina é aplicada em dose única e é normal que comece com uma mancha vermelha elevada no local aplicado, evoluindo para um pequeno ferimento com secreção e, por fim, fique uma cicatriz.

Recém-nascidos com peso inferior de dois quilos, mães que usaram medicamentos que possam alterar a resposta imunológica do bebê ainda na gestação e pessoas com baixa imunização não podem tomar a vacina.

O comprovante na carteirinha de vacinação mostra que a imunização da pessoa está segura.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »