25/01/2022 às 22h15min - Atualizada em 25/01/2022 às 22h15min

PF deflagra Operação contra exploração sexual de crianças e/ou adolescentes

A ação ocorreu em Campinas/SP

Polícia Federal
Foto: Arquivo PF
Campinas/SP – Nesta terça-feira (25/1), a Polícia Federal deu cumprimento a mandado de busca e apreensão, na residência de um investigado por crimes relacionados ao abuso e à exploração sexual infantil. A ação é resultado da operação HORA DA INFÂNCIA I e foi deflagrada na cidade de Campinas.

Os materiais apreendidos foram celulares, tablets e pen drives. Eles serão encaminhados para perícia criminal, visando obter elementos para confirmar a hipótese criminal relacionada ao compartilhamento e armazenamento de pornografia infantil por meio de aplicativos de mensagens.

As investigações foram iniciadas a partir de cooperação jurídica internacional, tendo sido acionado o Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet da Polícia Federal (SERCOPI).

Se confirmada a hipótese criminal, o investigado poderá responder pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantil, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Esses crimes possuem penas máximas que, se somadas, podem chegar a 9 anos de prisão.

A Polícia Federal tem como uma das prioridades o combate aos crimes relacionados ao abuso e à exploração sexual infantil, visando identificar vítimas vulneráveis e prender abusadores, fazendo cessar o cometimento de tais ações.

Ressalta-se a importância da participação da sociedade ao denunciar toda e qualquer forma de violência praticada contra crianças e adolescentes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »