03/08/2021 às 17h46min - Atualizada em 03/08/2021 às 17h46min

Após promessa, 109 mil mães aguardam desbloqueio de Auxílio até esta quarta (04)

Desde junho, grupos de mães enviam pedidos solicitando explicações sobre suspensão do Auxílio; Ministério da Cidadania promete informações atualizadas entre 03 e 04 de agosto

Yahoo Notícias
Foto: Imagem Ilustrativa
Conforme anunciando em redes sociais pelo ministro da Cidadania, João Roma, 109 mães solo podem conferir informações a respeito do desbloqueio do Auxílio Emergencial entre hoje (03) e amanhã (04). A promessa foi feita após declaração, no Instagram, de Onyx Lorenzoni (DEM), que agora comanda o Ministério do Trabalho.

Desde junho, grupos de mães passaram a enviar pedidos solicitando explicações sobre suspensão do Auxílio Emergencial. A reclamação é que os 'caminhos' dados pelo governo, como o DataPrev e a Defensoria Pública da União, não estavam atendendo aos pedidos. 

Segundo Roma, "o processo de análise interna levou à suspensão de mais de 600 mil benefícios para avaliação de inconformidades. Entre esses casos, estão 136 mil mães solo, das quais 109 mil já foram desbloqueadas. Essas pessoas poderão conferir as informações sobre o desbloqueio entre os dias 03 e 04/08".

O responsável pela pasta adiantou, ainda, que "todas as pessoas que tiverem o beneficio desbloqueado vão receber o pagamento retroativo". 

No Instagram, Onyx bloqueia grupo de mães que cobra Auxílio 
Sem dar justificativas, Onyx Lorenzoni bloqueou mensagens e perfis de mulheres pobres em sua conta no Instagram. O grupo Mães Solo Bloqueadas passou a enviar pedidos ao ministro desde domingo solicitando explicações sobre as 2 parcelas de Auxílio Emergencial suspensas desde junho.

O comandante da nova pasta do Trabalho postou em sua conta um print da notícia da revista Veja mostrando a política do Auxílio como 'caso de sucesso'. Na legenda, escreveu: "A gente trabalha muito e trabalha direito. Os cães ladram e a caravana passa!".

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »