30/07/2021 às 17h08min - Atualizada em 30/07/2021 às 17h08min

Iniciativas de desenvolvimento econômico local refletem na geração de empregos em Birigui

Assessoria de Imprensa
Foto: Imagem Ilustrativa
A cidade de Birigui foi destaque na geração de empregos na região em junho. Segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, divulgados ontem (29), Birigui apresentou saldo positivo de 381 postos de trabalho, representando crescimento de 765,9% em comparação ao mesmo período do ano passado.

As empresas locais contrataram 1.048 trabalhadores e desligaram 667 em junho. Já no primeiro semestre do ano, o município acumulou saldo favorável de 716 empregos, importante melhoria comparada ao ano passado, cujo saldo semestral ficou negativo em 1.967 postos de trabalho.

O resultado positivo do mercado de trabalho em junho ocorreu em todos os grandes setores da economia: indústria, comércio, serviços, construção civil e agropecuária. As informações foram compiladas pelo Observatório de Inteligência Econômica da SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico).

RECUPERAÇÃO ECONÔMICA

Para o prefeito Leandro Maffeis, o resultado do mercado de trabalho em junho sinaliza para a recuperação da economia biriguiense. “Indica também que o trabalho que nosso governo está realizando na área do desenvolvimento econômico está aos poucos trazendo bons resultados para o município”, disse.

“São positivas as expectativas para a economia local nos próximos meses, em que esperamos receber novos investimentos, estimular a abertura de novos empreendimentos e criar o ambiente favorável ao crescimento das empresas atuais, gerando emprego e renda para a nossa população”, completou Maffeis.

Entre as iniciativas para o desenvolvimento econômico local que estão inseridas nas estratégias de trabalho organizadas e lideradas pelo prefeito e materializadas pela equipe da SDE estão: a busca por novos investidores se instalarem no município, o projeto Qualifica Birigui e o Juntos Somos + Fortes.

Destaca-se ainda o PDL (Programa de Desenvolvimento Local) e seus três grupos de trabalho (melhoria do ambiente de negócio, sobrevivência das empresas e qualificação e empreendedorismo); a maior integração e articulação da SDE com as entidades do ecossistema empreendedor; e o trabalho dos Conselhos Municipais da área do desenvolvimento econômico.

Nivaldo Albani, Secretário da SDE, corrobora com as observações positivas do prefeito e com as diretrizes de trabalho da administração, com a definição da importância do planejamento de curto, médio e longo prazo para os avanços e melhorias no campo do desenvolvimento econômico.

O secretário explica que a equipe trabalhou intensivamente na elaboração do PPA (Plano Plurianual) de 2022 a 2025 da secretaria, trazendo inovações no processo, com destaque para a realização de um minucioso e aprofundado diagnóstico da economia local e a participação das entidades do ecossistema empreendedor local, que nortearam a elaboração dos programas e ações da SDE, com foco no desenvolvimento econômico.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »