23/07/2021 às 09h50min - Atualizada em 23/07/2021 às 09h50min

Birigui alcança marca de 50% da população vacinada com ao menos uma dose contra covid-19

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Birigui ultrapassou a marca de 50% da população biriguiense com 18 anos ou mais vacinada com a primeira dose ou dose única da vacina contra a covid-19, de acordo dados preliminares do Vacinômetro, divulgados às 15h desta quinta-feira (22/07) no site VacinaJá do governo estadual. 

São 63.166 pessoas que receberam a primeira dose dos imunizantes ou a vacina em dose única, representando 50,6% da população. Ainda segundo os dados, 18.815 pessoas receberam a segunda dose, completando o esquema vacinal. Ao todo já foram aplicadas 81.981 doses na cidade.

“Termos 50% da população vacinada é uma conquista importante, que mostra o avanço no combate à pandemia, começando a refletir na redução de internações e mortes. Seguimos na aplicação das doses de esperança para a preservação de vidas”, comemorou o prefeito Leandro Maffeis.

O prefeito também agradeceu o empenho de toda equipe envolvida no trabalho de imunização. “Esse resultado é fruto da dedicação e comprometimento dos profissionais da Secretaria de Saúde, que estão trabalhando incansavelmente, até em períodos noturnos, sábados e feriados para imunizar nossa população o quanto antes”, completou Maffeis.

NOVO PÚBLICO

A Secretaria de Saúde está avançando na vacinação, começando nesta sexta-feira a vacinar pessoas de 29 anos nas UBSs, das 7h30 às 11h, e no drive-thru do Terminal Rodoviário, das 7h30 às 18h. No sábado, inicia a imunização dos jovens de 27 e 28 anos no drive-thru do Terminal Rodoviário, das 7h às 15h.

As pessoas de 30 anos ou mais que ainda não se imunizaram podem procurar as UBSs, das 7h30 às 11h, para receber a primeira dose. Já a segunda dose será aplicada nesta sexta-feira no drive-thru do Hangar, das 7h30 às 18h, devendo ser respeitada a data do retorno que consta no cartão de vacinação.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Maria Helena Martins Yazawa, disse que mesmo com o avanço na vacinação ainda é necessário seguir os protocolos de proteção. “Mesmo quem já completou o ciclo de imunização deve continuar usando máscara, álcool em gel para higienizar as mãos e evitar aglomerações. É necessária a colaboração de todos na prevenção”, frisou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »