08/06/2021 às 09h20min - Atualizada em 08/06/2021 às 09h20min

Especialista prevê quando nascerá o primeiro bebê espacial

A tarefa não será fácil, já que não há muitos estudos a respeito de gravidez em um ambiente de baixa gravidade

HISTORY
Foto: Imagem Ilustrativa
Uma nova fase da exploração humana do espaço está prestes a acontecer. A NASA planeja enviar uma nova missão tripulada à Lua nos próximos anos, enquanto projetos de uma futura colônia em Marte também são discutidos. Diante dessas questões, especialistas começam a especular quando deverá nascer o primeiro bebê espacial de nova espécie.

Primeiros bebês a nascer no espaço
Em um artigo publicado no site The Conversation, Chris Impey, professor de Astronomia da Universidade do Arizona, teorizou a respeito do nascimento dos primeiros bebês no espaço. Para ele, isso representará um momento tão definitivo quanto os primeiros passos da humanidade ao sair da África para povoar a Terra. "Tal nascimento marcaria o início de uma civilização multiplanetária para a espécie humana", afirmou.

mpey salienta que os primeiros 50 anos da Era Espacial foram dominados por iniciativas governamentais, mas que esse cenário mudou. Agora, centenas de empresas privadas participam da corrida espacial, consolidando uma indústria que já movimenta cerca de US$ 300 bilhões por ano. Segundo ele, é questão de tempo até que os humanos comecem a viver no espaço.
 

O astrônomo acredita que as primeiras colônias espaciais deverão se estabelecer dentro de 30 anos. Assim, ele calcula que bebês espaciais irão nascer pouco depois disso. Mas Impey pondera que essa tarefa não será fácil, já que não há muitos estudos biológicos a respeito de gravidez e saúde reprodutiva em um ambiente espacial de baixa gravidade.

"É possível que haja riscos inesperados para o feto ou para a mãe. Em segundo lugar, os bebês são frágeis e criá-los não é fácil. A infraestrutura dessas bases teria que ser sofisticada para tornar possível alguma versão normal de vida familiar, um processo que levará décadas", afirmou Impey. Por isso, ele acredita que o primeiro bebê espacial deve nascer mais próximo da Terra. Ele dá o exemplo de uma startup holandesa que planeja enviar uma mulher grávida para dar à luz em órbita, a uma altura de 402 km.

"Meu palpite é que por volta de 2040, um indivíduo único nascerá", arrisca Impey. "Ele poderá ter a cidadania de seus pais ou nascer em uma instalação administrada por uma empresa e acabar apátrida. Mas prefiro pensar nessa futura pessoa como o primeiro verdadeiro cidadão da galáxia", completa.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »