19/04/2018 às 11h41min - Atualizada em 19/04/2018 às 11h41min

Destruição de habitats: coalas entram para lista de espécies ameaçadas

Defensores dos direitos animais lançam petição para convocar o governo australiano a tomar medidas necessárias em favor dos animais.

ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais
O desmatamento é a principal causa do declínio populacional dos coalas. (Foto: National Geographic)
Uma pesquisa mostra que, assim como os cangurus, os coalas entraram para a lista de animais ameaçados da Austrália. De fato, os cientistas acreditam que, se medidas sérias não forem tomadas imediatamente, a espécie poderá desaparecer.

Uma petição hospedada na plataforma Care2 é dirigida ao governo de Queensland, onde milhares de coalas estão morrendo devido à perda de habitat.

Somente em quatro anos, de 2012 a 2016, 5 mil animais perderam a vida por causa do desmatamento. O desenvolvimento urbano desempenha um papel importante no problema, mas a maior parte do declínio populacional acontecendo no interior de Queensland.

Onde ocorre o desmatamento maciço para fins agrícolas, para a mineração e a produção de papel. Por sua vez, isso destrói a principal fonte de alimento dos coalas, o eucalipto.

Conforme a Fundação Australiana de Coalas, desde a colonização europeia, aproximadamente 80% das florestas australianas de eucalipto foram desmatadas. Dos 20% restantes, quase nenhum é protegido e a maioria ocorre em terras de propriedade privada.

Além disso, a única entidade que poderia causar o impacto imediato na salvação dos animais, tem sido lenta em aprovar leis eficientes para protegê-los. O governo de Queensland precisa correr contra o tempo para mostrar que se preocupa em proteger habitats vitais.

A petição tem o objetivo de mostrar um senso de urgência às autoridades australianas.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »