10/04/2021 às 16h58min - Atualizada em 10/04/2021 às 16h58min

Mais de 400 profissionais da Educação foram imunizados contra a covid-19 neste sábado

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A Secretaria Municipal de Saúde aplicou 450 doses da vacina contra a covid-19 neste sábado (10/4), em Birigui. Desse total, 430 foram aplicadas em profissionais da Educação acima de 47 anos no drive-thru do Terminal Rodoviário. Outras 20 doses são da segunda dose de idosos.

“Estou sentindo muita saudade das crianças. Então é uma felicidade enorme receber a vacina, pois logo será possível retomar as aulas presenciais”, comemorou Francis Garcia de Lima, professora de educação infantil do CEI (Centro de Educação Infantil) Dionísia Miragia Carmine.

Muitos profissionais aproveitaram a vacinação para doar um quilo de alimento não perecível para a campanha Vacina Contra a Fome. Os mantimentos arrecadados serão usados para montar cestas básicas para as famílias carentes da cidade diretamente afetadas pela crise causada pela pandemia. 

A vacinação segue na próxima semana no drive-thru do Terminal Rodoviário, das 13h às 16h30. No dia 12 recebem a dose os profissionais das escolas municipais, creches e Cozinha Piloto da Prefeitura. No dia 13 será a vez das escolas estaduais e no dia 14 das escolas particulares, creches conveniadas, escolas técnicas e o Instituto Federal.

Podem se vacinar os profissionais que atuam como secretários, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, cozinheiras, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, orientadores, diretores, vice-diretores, professores de todos os ciclos da educação básica, coordenadores pedagógicos, supervisores de ensino, além de professores temporários.



CADASTRO

Todos os profissionais devem fazer obrigatoriamente o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br/educacao, com número do CPF, nome completo e e-mail. Em seguida, será enviado um link no e-mail indicado e será necessário validá-lo para dar continuidade ao cadastro. É importante verificar se o e-mail não foi deslocado para a caixa de spam.

No momento da vacinação, o profissional deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde. Caso o usuário não apresente o comprovante ou o seu número de CPF não conste no comprovante apresentado, não poderá ser imunizado.

Os profissionais poderão fazer a doação de um quilo de alimento não perecível no momento da imunização. A sugestão é que sejam levados itens como arroz, feijão, macarrão, leite em pó ou qualquer outro da cesta básica. A participação não é obrigatória e a vacinação está garantida para quem não puder doar.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »