08/04/2021 às 10h36min - Atualizada em 08/04/2021 às 10h36min

Como ficariam a Antártida e a Groenlândia caso o gelo derretesse

Sem a cobertura gelada, territórios ficariam irreconhecíveis

HISTORY
Imagem: NASA/Reprodução
O aumento desmedido das temperaturas durante as últimas três décadas fez com que grandes blocos de gelo polares, sólidos e inalteráveis, começassem a derreter. Segundo especialistas, o nível das águas oceânicas aumentará e poderá gerar uma mudança drástica no mapa-múndi. A Antártida e a Groenlândia podem ficar irreconhecíveis caso isso aconteça.

Consequências do aquecimento global
Mesmo que faltem anos para que as grandes massas de gelo se derretam por completo, os especialistas se perguntam o que ficará nesses locais onde só havia água gelada, como no caso da Antártida e da Groenlândia. É impossível imaginar essas regiões de outra forma, mas os pesquisadores puderam fazer algumas previsões.



Embaixo da grossa camada de gelo de até três quilômetros de espessura na Groenlândia, existe terra firme em baixa altitude. Acredita-se que grande parte de seu centro continental ficaria abaixo do nível do mar e um gigantesco lago apareceria em seu coração terrestre. Dessa forma, seria criada a maior ilha do mundo, plana em sua parte setentrional, rodeada por sistemas montanhosos.



Por outro lado, a escala da Antártida é continental, e assim, sob sua grande camada congelada, encontra-se uma série de acidentes geográficos comuns, como grandes cadeias de montanhas, bacias hidrográficas, planícies e até lagos. De fato, um dos seis maiores lados do planeta, o Vostok, está situado nessa região.




Além dos extraordinários cenários hipotéticos que poderiam ser criados sobre ambas as partes do mundo, essa mudança radical geográfica pelo derretimento dos polos causaria um panorama trágico para o resto do planeta, com o aumento do nível dos oceanos e a inundação das cidades litorâneas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »