05/04/2021 às 15h58min - Atualizada em 05/04/2021 às 15h58min

Começam ações preventivas contra incêndios

As equipes de brigadistas do ICMBio iniciaram as queimas controladas no interior das unidades de conservação

Governo de São Paulo
O ICMBio elaborou um cronograma de trabalhos estratégicos a ser executado nos próximos meses. - Foto: Fernando Tatagiba/MMA
A temporada de seca mais intensa se concentra entre os meses de agosto e setembro, mas as unidades de conservação em todo o país já começaram com as ações preventivas contra os incêndios florestais. As equipes de brigadistas do Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade (ICMBio) iniciaram as queimas controladas no interior dos parques nacionais da Serra da Canastra (MG) e Chapada dos Guimarães (MT).

O método faz parte do programa Manejo Integrado do Fogo (MIF) e é usado para queimar todo o combustível orgânico, como a vegetação seca, que poderia contribuir para incêndios de grandes proporções durante o período de extrema estiagem.

As operações são feitas sempre no fim do período chuvoso, e por brigadistas que utilizam equipamentos específicos para direcionar o fogo em pequenos focos controlados no terreno. Para o controle, é utilizado equipamento especializado, como abafadores, sopradores de folhas e bombas costais. Ao fim do dia, o caminhão-pipa percorre novamente toda a área para eliminar focos ainda existentes.

Ações preventivas em todo o Brasil
Para prevenir e combater as queimadas nas áreas protegidas, o ICMBio elaborou um cronograma de trabalhos estratégicos a ser executado nos próximos meses nas unidades de conservação com histórico de incêndios florestais e maior risco de serem atingidas por queimadas neste ano.

Além disso, o instituto tem promovido a capacitação on-line das brigadas, estruturado editais para contratação temporária de brigadistas florestais e feito ações de educação ambiental junto às comunidades locais.

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »