29/03/2021 às 12h34min - Atualizada em 29/03/2021 às 12h34min

Sandália de vinil: ícone dos anos 90 volta com tudo

A famosa sandália transparente está de volta e tem cara de tendência. Redescubra o estiloso e irreverente calçado.

Assessoria de Imprensa
Foto: Imagem Ilustrativa
Hit dos anos 90, a transparência da sandália de vinil caiu no gosto das famosas nesta temporada e invadiu as ruas, repaginando shapes e materiais. Plataformas, saltos, cabedais e detalhes receberam releituras invisíveis, que trazem um visual sofisticado para qualquer produção.
 
Além disso, atualmente, esses sapatos ganharam uma versão mais tecnológica, com maior resistência e flexibilidade, oferecendo maior conforto. No entanto, sua grande vantagem ainda está ligada à versatilidade. Afinal, pelo fato de não possuir cor e deixar somente o tom da pele à mostra, o calçado combina com qualquer peça de roupa e alonga a silhueta.

Pés suados e calçados escorregadios?

Os modelos de hoje em dia — de vinil — são bem diferentes dos anteriores — compostos por outros tipos de plástico — que faziam os pés suarem e, por consequência, escorregarem. No entanto, caso você transpire bastante nessa região ou se incomode com o plástico em contato com a pele, uma solução é optar por sandálias que mesclem o vinil com outros materiais.

Mais do que apenas casual

Outra coisa que mudou desde a última vez que a sandália de vinil esteve em alta é a referência de causalidade aplicada à transparência. Agora, é possível encontrar sapatos transparentes adequados aos mais variados ambientes, seja o espaço de trabalho ou uma festa glamourosa. Obviamente, tanto o look quanto o modelo de sandália influenciam. O ponto positivo, já mencionado acima, é o fato de a sandália de vinil ser neutra e cair bem em qualquer produção.

Como usar a sandália de vinil?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre essa tendência que é nova e, ao mesmo tempo, velha conhecida do público feminino, confira algumas sugestões de como ela pode ser utilizada no dia-a-dia.

No trabalho

Não há como errar ao combinar a sandália de vinil com as roupas. Entretanto, é preciso atentar-se ao modelo, avaliando se ele é a melhor opção para determinada ocasião. No trabalho, mais do que a beleza, o conforto deve ser considerado. Nesse sentido, algumas alternativas, são:
 
  • Rasteirinha: opte por modelos de rasteirinha que mesclem o vinil com outros materiais, para dar um ar menos despojado ao calçado;
  • Salto baixo: embora não seja tão confortável quanto a rasteirinha, o salto baixo é uma opção para aquelas que não abrem mão de uns centímetros a mais, mas não querem sofrer com dores nos pés no dia-a-dia;
  • Salto grosso: o salto grosso é a combinação entre o conforto da rasteirinha e a elegância do salto baixo, sendo a melhor alternativa para quem não dispensa nenhuma dessas duas características.

Em festas

O salto agulha é o calçado clássico de festas, sobretudo as mais formais, como casamentos e formaturas. Entretanto, há outros modelos que também podem ser utilizados nesses eventos e  — pasmem — o salto não é obrigatório!
 
Contudo, para que o sapato tenha cara de festa, é preciso que ele seja especial. Ou seja: rico em detalhes. Com isso, ainda que você opte por uma sandália rasteirinha de vinil, por exemplo, caso ela tenha pedrarias e outros enfeites, será adequada para um evento festivo. Porém, se você quiser seguir a tradição do salto agulha, não há problemas. O ponto positivo é que você pode escolher um modelo bem simples, todo em vinil, e ousar na escolha do seu vestido, pois a sandália não irá destoar.

Cuidado após o uso

Para preservar sua sandália de vinil e evitar o mau cheiro, independentemente do modelo, é importante limpá-la com um pano úmido após o uso e esperar que ela seque completamente antes de guardá-la.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »