12/04/2018 às 18h34min - Atualizada em 12/04/2018 às 18h34min

Baleia morre com 29 quilos de plástico em seu estômago

Biologia Total
Você já parou para pensar no destino final das sacolas de supermercado? Aquelas em que carregamos nossas compras e depois colocamos nas lixeiras... Bom, na maior parte das vezes elas vão parar nos mares e nos oceanos! Às vezes elas são incorporadas na dieta de animais também! Não que eles se alimentem de plástico, mas muitos deles confundem o material com comida e o resultado costuma ser fatal!

Uma cachalote, o maior cetáceo com dentes do mundo, foi encontrada morta em uma das praias da Espanha, e sua autópsia surpreendeu os pesquisadores. O macho de 10 metros de comprimento possuía nada mais nada menos do que 29 quilos de plástico em seu estômago. Sacolas plásticas, cordas e redes faziam parte dos resíduos encontrados.  De acordo com os especialistas, a cachalote morreu por não conseguir mais expelir o plástico engolido. Seu sistema digestivo foi bloqueado, causando uma peritonite, uma infecção em seu abdômen, que resultou na sua morte. Pra piorar a situação, cachalotes são consideradas "vulneráveis" na lista de animais ameaçados de extinção.


Parte do lixo encontrado e retirado na autópsia da cachalote. Créditos: Reprodução

.Infelizmente este não é um fato isolado... Todos os anos entram em nossos oceanos mais de 8 milhões de toneladas de plástico, sendo que muitos deles são confundidos com alimentos por animais marinhos. A presença de plásticos e microplásticos acumulados nos mares e nos oceanos, é com certeza uma das maiorias ameaças à conservação da vida selvagem no mundo! A previsão de alguns pesquisadores é de que até 2050, existam mais plásticos no oceano do que peixes. Se medidas não forem tomadas o quanto antes, a vida marinha será envenenada (e por que não extinta?) durante as próximas décadas.
Os resultados divulgados da autópsia da baleia, estimularam o Ministério Regional de Cultura, Turismo e Meio Ambiente da Múrcia, da Espanha, a lançar uma campanha para o uso consciente do plástico, alertando quanto aos seus perigos no meio ambiente, principalmente na vida marinha, e mobilizando a população.  Além de ações de conscientização, ações de limpezas periódicas são fundamentais na minimização de impactos. E você? Continua contribuindo com este tipo de situação ou já faz uso consciente do plástico?

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »