26/02/2021 às 09h55min - Atualizada em 26/02/2021 às 09h55min

Economia durante a pandemia: como fazer para que os pneus durem mais

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Todo motorista precisa aprender como fazer para que os pneus durem mais, especialmente agora, em um momento de pandemia causada pelo novo coronavírus. Afinal, a renda do brasileiro diminuiu nesse período e é importante economizar, aumentando a durabilidade dessas peças para não precisar trocá-las tão cedo e gastar um bom dinheiro com isso, uma vez que mesmo os pneus mais baratos ainda custam pelo menos R$200,00 cada peça. Portanto, um jogo com 4 novos pneus sairia por, no mínimo, R$800,00.

Atualmente, a durabilidade média de um pneu gira ao redor de 50 a 60 mil quilômetros. Considerando que a quilometragem média de um motorista no nosso país é de 20 mil quilômetros por ano, isso dá mais ou menos 2 anos e meio a 3 anos antes de precisar comprar um novo jogo de pneus. No entanto, muitos motoristas sequer conseguem essa quilometragem, tendo que trocar as peças bem antes disso.

Quer aprender como fazer para que os pneus durem mais? Então siga a leitura abaixo!

Como fazer para que os pneus durem mais em 5 passos

1. Compre o pneu correto

Se você quer que os pneus durem mais, o primeiro ponto é comprar aqueles que são fabricados para terem uma durabilidade maior. Afinal de contas, não dá para querer rodar 60 mil quilômetros com um pneu que não aguenta tudo isso.

Cada pneu tem a sua durabilidade, ou seja: um índice de desgaste que mede o quanto a peça perde a cada metro ou quilômetro rodado. Por isso, diferentes pneus na mesma condição, mesmo carro e dirigidos do mesmo jeito, terão quilometragens diversas.

Por exemplo, veja o pneu Goodyear Assurance. Ele foi fabricado pela empresa para ter uma alta quilometragem. De acordo com a Goodyear, ele roda 16% a mais que a média dos concorrentes. Ou seja, se a média do mercado é de 50 a 60 mil km, o Assurance roda de 58 mil a 69,6 mil km. Já outros modelos não têm a mesma tecnologia e terão uma rodagem menor.

Portanto, o primeiro passo para fazer um pneu durar mais é comprar um modelo que tenha um desgaste menor. Pesquise sobre aqueles que possuem um melhor desempenho e compre apenas os que duram mais.

2. Calibre os pneus com regularidade

Um erro muito comum de muitos motoristas é não calibrar os pneus com regularidade. Pneus descalibrados se desgastam mais rapidamente do que aqueles que estão sempre calibrados. Isso sem falar que eles podem gerar 20% mais consumo de combustível.

O ideal é calibrar os pneus a cada 15 dias, mais ou menos. No entanto, uma vez por mês pode ser o suficiente, caso você rode pouco com o carro. Portanto, mantenha o hábito de sempre medir a calibragem dos pneus para evitar um desgaste desnecessário.

3. Tenha bons hábitos

Às vezes, o problema de desgaste dos pneus está justamente entre o banco e o volante - o motorista! Com hábitos negativos, o próprio motorista faz com que os pneus acabem se desgastando mais do que o normal.

Por exemplo, você costuma sair acelerando bruscamente o carro? Se sim, isso acaba ocasionando um desgaste maior dos pneus. Isso porque a força que o motor envia para o eixo das rodas é maior do que as condições de fluir que existem por lá. Esse tipo de dirigibilidade faz com que o carro ande “por cima” dos pneus, que não estão girando na velocidade adequada. Resultado: os pneus se arrastam pelo chão e perdem alguns quilômetros de vida útil.

O mesmo vale para freadas bruscas. Claro que às vezes não tem como fazer diferente, já que frear dessa maneira acaba sendo necessário para evitar um acidente, por exemplo. No entanto, na maior parte das vezes é  possível evitar isso.

4. Não use pneu remold ou recauchutado

Se você quer que os seus pneus durem mais tempo, então precisa parar de comprar pneus remold ou recauchutados. Na verdade, os remolds até são legalizados (dependendo do tipo de produção), mas sob algumas regras bem restritas, que nem todos acabam seguindo.

Um pneu remold costuma custar mais ou menos 75% do preço de um original de mesmo nível. No entanto, ele roda 50% a menos (às vezes até menos do que isso). Na prática, a conta não fecha: em vez de economizar, você acaba gastando mais para rodar a mesma coisa.

5. Cuidado com o terreno por onde vai dirigir

Por fim, lembre-se de que é importante ter muito cuidado sobre onde dirigir e o tipo de terreno que você irá enfrentar. Um pneu On Road, em uma estrada de terra,  desgasta-se muito mais. O mesmo vale para um Off Road no asfalto. Por isso, se tiver que trocar muito de tipo de terreno, compre um pneu misto.

Agora que você já viu esses 5 passos de como fazer os pneus durarem mais, é hora de colocá-los em ação. Lembre-se de que não adianta ter um pneu com baixa quilometragem para querer rodar por 3 anos, pois isso não será possível. Ao mesmo tempo, não adianta ter um pneu robusto e durável, se você não cuida da calibragem, tem hábitos ruins e por aí vai. Portanto, escolha o modelo certo e cuide adequadamente dele para ter os melhores resultados.
E aí, gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »