23/02/2021 às 08h43min - Atualizada em 23/02/2021 às 08h43min

Usuários e colaboradores da Ritinha Prates recebem a segunda dose de vacina contra a Covid-19

Foram imunizados com a Coronavac 59 usuários do hospital neurológico e 85 profissionais da unidade e também do Centro Especializado em Reabilitação (CER)

Marcelo Teixeira
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Cento e quarenta e quatro pessoas, entre usuários e colaboradores da Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP), de Araçatuba (SP), receberam nesta segunda-feira (22) a segunda dose da vacina Coronavac.  Contra a Covid-19 foram imunizados na própria entidade 59 usuários do hospital neurológico, mais 85 profissionais da unidade hospitalar e também do Centro Especializado em Reabilitação (CER).

A presidente da instituição, Vanilda Maria Barboza (Vanda), lembra que especialistas ressaltam a importância de se tomar as duas doses – principalmente não esquecendo a segunda. "Especificamente no que diz respeito à Coronavac e outras vacinas autorizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), quando se fala em eficácia, a proteção ocorre após a segunda dose. Sendo assim, estamos um pouco mais aliviados, esperando agora que toda a população seja vacinada e a pandemia acabe", comenta Vanda.

Etapas

No primeiro dia de vacinação, 25 de janeiro, foram imunizados usuários e profissionais, entre médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e monitores, além de integrantes da equipe multidisciplinar (assistente social, fisioterapeutas, fonoaudióloga, psicóloga e terapeuta ocupacional) que lidam diretamente com os usuários.

No segundo dia, 2 de fevereiro, também na entidade, receberam a vacina profissionais do CER (Centro Especializado em Reabilitação), dos setores de assistência social, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, pedagogia, psicologia e terapia ocupacional, mais profissionais do hospital neurológico, dos setores de enfermagem, farmácia, lavanderia e limpeza.

O restante dos profissionais da entidade recebeu a primeira dose da vacina em postos fixos instalados nos dois shoppings do município, nos dias 3 e 4 de fevereiro.

A Entidade

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP) existe desde 1977, e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do hospital neurológico, com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos. A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos por mês.

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos. A associação fica na rua Wandenkolk, 2.606, no bairro Rosele, em Araçatuba (SP), CEP 16075–050. Mais informações sobre a entidade podem ser obtidas pelo telefone (18) 3117-3627 e pelo site www.ritinhaprates.org.br.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »