03/02/2021 às 14h52min - Atualizada em 03/02/2021 às 15h41min

Dicas para estudar mesmo trabalhando o dia inteiro

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

Estudar, embora seja algo considerado “fácil” na teoria, é uma tarefa bastante árdua quando colocada em prática. Aliás, ter uma rotina de estudos aliada ao trabalho é realmente maçante.

No entanto, se você quer uma qualidade de vida melhor, não tem jeito: será preciso muito estudo!

Só quem estuda consegue as melhores oportunidades de trabalho, se forma na faculdade e/ou passa em concursos públicos.

Falado em concursos, o gran cursos é bom nesse ponto, e seus materiais, além de acessíveis, são de altíssima qualidade.

Quer aprender a conciliar trabalho e estudo? Veja algumas ótimas dicas para isso!

Tenha um cronograma de conteúdo para estudar

Os concursos costumam abranger uma enorme variedade de temas. Nesse sentido, dominar tudo é o ideal, mas é uma tarefa quase impossível para quem trabalha o dia inteiro.

Todavia, você pode pelo menos ler todo o conteúdo. Acredite: apenas esse esforço já pode te garantir alguns pontos extras na prova. 

Assim, pegue todo o conteúdo que vai cair no exame e separe-o em categorias. Após isso, procure dividir o conteúdo de forma semanal, ou seja, coloque metas para cada semana até o dia da prova.

Note que você deve fazer o que está dentro de seu alcance. Não há necessidade de dormir mal por causa da rotina; afinal de contas, isso pode piorar seu desempenho.

Foque nas matérias que você tem mais dificuldade

Um erro comum é estudar apenas as matérias que nos trazem prazer. É bom, por exemplo, estudar inglês se você já domina o idioma.

Porém, se for seu primeiro contato com essa língua, pode ser um verdadeiro desafio compreender o básico. É aí que seu autocontrole deve atuar.

Gastar mais tempo que o necessário com matérias que você já domina é desperdiçar tempo. O ideal, então, é focar nas disciplinas que você não domina, dando preferência para aquelas que você tem mais dificuldade.

Se você se dispor a fazer isso, vai ver a mágica acontecer: no início, você vai sofrer muito, mas, em pouco tempo de estudo, já estará melhor na disciplina.

Separe um tempo para estudar todos os dias

O segredo para ter sucesso em qualquer assunto é a disciplina e o acúmulo no longo prazo.

Em suma, apenas 1 hora de estudo por dia é melhor que estudar 8 horas às vezes. A constância é a chave para a maestria.

Nesse sentido, separe uma hora para focar apenas nos estudos. Vale notar, porém, que uma hora é o mínimo, mas é o tempo total. Ou seja, 4 sessões de 25 minutos também valem!

O ideal, contudo, é aprender algo novo todos os dias. Isso significa que, após uma semana, você terá 7 horas de estudos acumulados, e pelo menos 7 conceitos novos.

Em um ano, são mais de 365 horas de estudo e 365 conceitos novos. À critério de comparação, um curso de especialização tem duração de 120 horas. É como ter realizado mais de 3 cursos de especialização!

Use os finais de semana para realizar revisões

Se você seguir a ideia do tópico anterior, você terá estudado 5 horas até o final de semana. Porém, vale lembrar que nossa mente não vai aproveitar todo o conteúdo lido. É para isso que servem as revisões.

Para que a revisão seja realizada com sucesso, você deve organizar muito bem suas sessões de estudos. Assim, use cadernos, anotações e quaisquer outras ferramentas para isso.

O importante é conseguir ter acesso a todo o conteúdo estudado ao longo da semana e, se possível, de forma resumida e simplificada, abordando apenas as ideias-chave.

Evite estudar muito nos fins de semana; priorize fazer listas de exercícios e revisar o conteúdo estudado. Buscar mais informações sobre os conteúdos também é uma ótima estratégia.

Desenvolva listas de exercícios com ideias-chave

Nosso cérebro só aprende após colocar o conhecimento em execução. É por isso que existem muitas aulas práticas nas faculdades: elas ligam a teoria à experimentação, e garantem um aprendizado mais profundo do tema.

Porém, isso nem sempre pode ser feito, como é o caso de quem precisa estudar e trabalhar. Para suprir essa necessidade, escreva exercícios focando nas ideias-chave do conteúdo recém lido.

Esses exercícios vão servir para revisar o conteúdo aos finais de semana, assim como nos meses próximos à prova.

Pegue as provas dos anos anteriores para estudar

Por fim, vale pegar as provas dos anos anteriores e fazer uma análise das questões. Em suma, é comum a repetição de exercícios em concursos, e isso significa pontos “grátis” para os concurseiros preparados.

Faça uma análise estatística das questões atrás de padrões. Existem conceitos que caem todos os anos em determinados concursos, assim como estilos de questão e padrões de perguntas.

Além disso, una seus estudos com a resolução de exercícios para a prova que você vai prestar. O ideal é fazer esse trabalho aos finais de semana, após a revisão.

Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »