20/01/2021 às 16h55min - Atualizada em 20/01/2021 às 16h55min

Saúde pede colaboração dos moradores para que agentes possam entrar nas residências

Assessoria de Imprensa
A Secretaria de Saúde de Birigui faz um apelo aos moradores: permitir que os agentes de endemias e agentes comunitários de saúde entrem nas residências para realizarem os trabalhos de combate e controle do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela; e do mosquito Lutzomyia longipalpis que transmite a leishamniose visceral.

“O objetivo é evitar um surto de casos de dengue na cidade, já que estamos em período de muitas chuvas e calor, o que aumenta a proliferação dos mosquitos. O trabalho dos agentes é ainda mais necessário neste momento de pandemia do coronavírus”, disse a chefe de Divisão de Vigilância e Controle de Vetores, Aline Sagerato Lobato.

Além do combate e controle dos mosquitos, durante as visitas casa a casa os agentes realizam também a pesquisa de escorpião nos imóveis notificados com presença do animal peçonhento, promovendo orientações sobre os cuidados e eliminação de criadouros. São realizadas, ainda, em regiões pré-definidas a coleta de sangue dos cães para exame de leishmaniose.

USO DE MÁSCARA

Conforme Aline, em função da pandemia da Covid-19, os agentes de endemias e agentes comunitários de saúde estão fazendo uma varredura somente nos quintais. Os profissionais da Saúde visitam as casas uniformizados e com crachá, seguindo todos os protocolos de higiene contra o coronavírus, como o uso de máscara e álcool em gel.

“No momento das visitas, solicitamos a toda população que se alguém que mora na residência estiver com sintomas de gripe, for suspeito ou estiver em isolamento por estar com coronavírus, avise os agentes para que eles possam realizar os trabalhos após o período de quarentena. Pedimos também que os moradores usem máscara ao receber os agentes”, orientou Aline.

SERVIÇO

Informações ou dúvidas, os moradores podem entrar em contato com a Divisão de Vigilância e Controle de Vetores pelos telefones (18) 3643-6233 ramal 224 ou (18) 3643-6274.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »