20/01/2021 às 10h01min - Atualizada em 20/01/2021 às 10h01min

Título de capitalização: tire suas dúvidas sobre este tipo de investimento

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Muitos são os investimentos disponíveis no mercado e é natural que diversas sejam as dúvidas sobre eles. Seja sobre siglas, previdência privada resgate antecipado, taxas, planos, entre outros, é preciso pesquisar sobre investimentos para que sejam escolhidas as melhores opções para seu perfil.

O título de capitalização é uma modalidade que gera questionamentos para as pessoas e, para te ajudar com isso, reunimos algumas informações sobre o investimento. Confira mais sobre ele!
 

O que é título de capitalização?

O título de capitalização é um produto financeiro para que as pessoas tenham a oportunidade de preservar seu capital para a participação de sorteios. Essa opção tem semelhanças com uma loteria ou uma alternativa de seguro.

Os títulos são gerenciados e fiscalizados pela Susep (Superintendência de Seguros Privados). Porém, as empresas financeiras se encarregam de disponibilizá-las aos seus clientes.
 

Como funciona o título de capitalização?

Oferecido nos bancos, o título de capitalização é um produto em que os clientes fazem uma contribuição mensal em troca de rendimentos e da oportunidade de concorrer a diversos prêmios, desde valores em dinheiros até carros e casas, por exemplo.

Nessa forma de investimento, o dinheiro aplicado fica retido por tempo determinado em contrato e após o vencimento ele é devolvido para quem aplicou com pagamento de taxas de juros sobre o valor.

Existem quatro modalidades do título: a tradicional, popular, compra programada e incentivo.
 
  • Tradicional: é voltada para quem sabe que poderá deixar todo o dinheiro aplicado até o fim do prazo estabelecido. Dessa forma, o dinheiro é restituído com todos os juros aplicados pelo tempo passado.
  • Popular: nessa modalidade o foco são os sorteios de prêmios em dinheiros. Isso faz com que a restituição no fim da operação não seja integral, e no geral, é limitada a uma parte do valor aplicado.
  • Compra programada: aqui o investidor pode escolher entre a devolução do dinheiro após o término do contrato ou trocá-lo por algum serviço.
  • Incentivo: outro tipo de título é o incentivo, que tem foco em eventos promocionais. Nesse caso, a própria instituição emissora cede o título ao cliente por ocasião de eventos específicos.
 

Como são os pagamentos e resgates do título de capitalização?
 

Os pagamentos dos títulos de capitalização podem ser feitos de forma única, mensal, em que todo mês é definido um montante até completar o valor total do investimento ou de forma periódica, em que o pagamento é feito em períodos predeterminados.

O dinheiro fica retido por tempo determinado e assinado em contrato e após isso ele é devolvido para o investidor. A modalidade possui três mecanismos que influenciam nesse resgate que são:
 
  • Prazo de pagamento: o tempo em que o valor é aplicado;
  • Prazo de vigência: o tempo que a operação funciona;
  • Prazo de carência: período mínimo para que ele fique aplicado.

Durante o tempo pré-determinado, o indivíduo pode permitir ao banco retiradas programadas de sua conta e destiná-las à compra dos títulos. Todas as operações são feitas diretamente entre cliente e banco e é a própria instituição quem recolhe, aplica, faz sorteios e cuida do rendimento obtido.
 

Quais são as vantagens e desvantagens dessa modalidade?
 

Diversas dúvidas giram em torno do título de capitalização e muitos questionam se esse é de fato um tipo de investimento.

Sua forma de aplicação e rendimento faz com que ele tenha a forma de investimento, mas seus questionamentos se dão em todo da sua rentabilidade, que muitas vezes fica até mesmo abaixo da poupança.

Pode-se chamar de investimento ou até mesmo de economia programa, já que a principal proposta é guardar o dinheiro. Seu grande diferencial é a possibilidade de ganhar prêmios.

Pensando nisso, existem algumas vantagens e desvantagens, como:
 

Vantagens
 

  • Possibilidade de ganhar prêmios;
  • Os títulos de capitalização são fiscalizados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). Com isso, os riscos de fraude e as possibilidades de o cliente não reaver seu dinheiro são pequenos.
  • Desenvolve-se o planejamento e a cultura de guardar dinheiro.
 

Desvantagens
 

  • A rentabilidade é baixa;
  • Prazos são rígidos e longos;
  • Assim como outros investimentos, há taxas e descontos;

O título de capitalização tem seus lados bons e ruins e é preciso pensar sobre eles antes de utilizar o seu dinheiro na compra. Vale a pena refletir sobre seus objetivos para entender se essa é a melhor opção para você.

O que você já sabia sobre os títulos de capitalização? Aproveite que agora você sabe mais sobre eles e pense sobre esse tipo de investimento.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »