05/04/2018 às 15h57min - Atualizada em 05/04/2018 às 15h57min

Cão idoso surdo e com visão limitada é escolhido por criança em abrigo

O cão idoso, que foi abandonado pelos tutores, teve a vida transformada ao ser adotado pela família do menino Tristan.

ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais
Foto: Facebook / Reprodução
Um cachorro da raça poodle foi abandonado há seis meses no Animal Rescue League of Iowa, nos Estados Unidos, por tutores que mudaram de endereço e não incluíram o cão nos novos planos. Idoso, surdo e parcialmente cego, ele parecia não ter muitas chances de ser adotado. Mas isso mudou quando Tristan e a mãe dele visitaram a ONG.

Shey, como é chamado o cão, tem 14 anos, teve quase todos os dentes apodrecidos por uma doença dental, enxerga de maneira limitada com apenas um olho, é surdo e se movimenta lentamente, devido à idade. Nada disso, entretanto, impediu que uma criança se apaixonasse por ele e decidisse levá-lo para casa.

As exigências de Tristan ao procurar um cão para adotar eram claras: ele queria um cachorro que fosse pequeno e gostasse de abraços. E nisso, Shey se encaixava perfeitamente. Afinal, conforme contou a coordenadora de conteúdo digital da ONG, Jessica Jorgenson, “ele é um cão muito doce e que ama ficar perto das pessoas o tempo todo”.

Ao pegar o cachorro no colo, Tristan soube que deveria dar uma chance a ele. A família, então, foi submetida a uma entrevista que fez com que os funcionários do abrigo concluíssem que o garoto e a mãe estavam aptos a adotar o cão. Empolgado, Tristan pegou o celular e acessou o calendário virtual para anotar as datas de vacinação e consulta médica do poodle. As informações são do portal Best Of Web.

“Ele estava muito consciente das necessidades especiais de Shey. Tristan é muito maduro para a idade dele. E ele fez uma tonelada de perguntas”, afirmou Jessica.

Levado para o novo lar, Shey teve a vida transformada. Cercado de amor e carinho, ele recebe todos os cuidados necessários e é o melhor amigo de Tristan.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »