22/12/2020 às 10h26min - Atualizada em 22/12/2020 às 10h26min

O que todo sócio precisa conhecer antes de vender uma empresa

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Todo sócio pode se encontrar, em algum momento, com a seguinte questão: qual é o melhor timing para vender uma empresa? Independentemente do tamanho da sua sociedade, é importante otimizar esse timing para que não haja deságio de valor na negociação. Porém antes de resolver se você quer ou não vender sua empresa, é preciso dar alguns passos chave.

 

Antes de tudo, é necessário entender qual a motivação para a venda da sociedade. Por exemplo:

 

 
  • Aposentadoria 
  • Captação de dinheiro para crescer
  • Dificuldades financeiras
  • Estratégia do negócio
  • Relacionamento entre os sócios
  • Problemas na sociedade
 

Esses são apenas alguns motivos que podem levar um sócio a colocar sua empresa à venda. Mas mesmo assim, antes de afirmar qual é o timing ótimo para a venda, alguns questionamentos precisam ser levantados:


 

  • Quais os tipos de investidores que compram uma empresa das minhas características?
  • Quais são as principais opções de compra e venda de empresas que eu  tenho?
  • Como vender cada tipo de sociedade?
 

Valuation da empresa

 

Consolidar essas informações é chave para fazer um bom negócio. Afinal, na hora de vender a empresa, o vendedor precisa conhecer como está sua situação e entender as diversas opções de venda possíveis no mercado.

 

O primeiro passo, então, é calcular o valuation da empresa, podendo ser esse cálculo feito:


 

  • Pela Renda – Fluxo de Caixa Descontado
  • Pelo Mercado – Múltiplos 
  • Pelos Ativos – Valor Patrimonial 
 

Opções de venda

 

Com essas informações em mãos, é possível contatar e interagir com os investidores para suscitar o interesse deles no negócio ao reconhecer o seu valor. Assim, é chave identificar as opções para vender empresa possíveis:


 

Venda para investidores estratégicos: 

 

Esse tipo de venda é efetivada para uma sociedade que opera no mesmo setor ou um setor próximo. O investidor, nesse caso, é um estrangeiro de seu setor que quer entrar no Brasil, está interessado em entrar em um novo segmento, ou atua em uma sociedade concorrente à sua. Esse perfil de investidor usualmente compra uma participação majoritária na sociedade, normalmente 100% do negócio.


 

Venda para fundos de investimento

 

Já nesse caso, é mais comum que seja efetivada a venda de apenas uma parte da sociedade. Esse é o caso da empresa que precisa captar recursos para crescer e otimizar sua rentabilidade, podendo ser vendida integralmente em um momento posterior. Esse tipo de venda é mais adequado para o sócio que está confiante no potencial da sua empresa.


 

Venda para um sócio

 

Se você for vender a participação de uma empresa para um sócio, esse tipo de negociação deve ser enfrentado da mesma forma como se fosse uma venda para terceiros. Nesse caso, uma assessoria em fusões e aquisições pode lhe auxiliar no cálculo do valuation justo para essa transação, podendo ainda contatar investidores potencialmente interessados para assim obter uma referência real do valor.


 

Venda para terceiros

 

A contratação de uma consultoria também se faz fundamental neste caso, pois assim é possível procurar no mercado, dentro e fora do Brasil, a melhor proposta para a venda do negócio.


 

Venda pelo tamanho da sociedade

 

Você também pode avaliar qual a melhor alternativa de venda da sua empresa de acordo com o porte. Uma pequena empresa normalmente não consegue contar com consultoria financeira. 

 

Já uma sociedade média ou grande sim que consegue contar com apoio e ajuda de especialistas, consultores especializados em M&A, desde a preparação da empresa para a venda até o fechamento do negócio, com o intuito de lhe ajudar a atingir os melhores valores de venda possíveis.

 

Há outras alternativas para vender uma empresa que podem ser consideradas: por pelo estágio do negócio; pelo crescimento; abrangência de roadshow; pela rentabilidade; entre outros. Se você já estiver decidido a vender sua empresa, saiba quais são as 13 principais opções para encontrar investidores e receber boas ofertas.

 

Fonte: Capital Invest - assessoria especializada em fusões e aquisições.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »