21/12/2020 às 09h04min - Atualizada em 21/12/2020 às 09h04min

Bandeirante é vice-campeão paulista

Portal LR1
PRONTO - Após treino em Birigui, Bandeirante viajou no início da tarde para São José dos Campos - PRONTO - Após treino em Birigui, Bandeirante viajou no início da tarde para São José dos Campos Artur Oi Mania/Bruno Miotto (Assessoria do BEC).
Foi com muita emoção que o São José EC ficou com o título do Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão de 2020. Depois de perder o jogo de ida da decisão por 2 a 1, a equipe do Vale do Paraíba não desistiu, teve dois jogadores expulsos e com um gol aos 45 minutos do segundo tempo venceu o Bandeirante pelo placar de 1 a 0, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, na tarde deste sábado (19), e soltou o grito de campeão. O time de Birigui é o vice-campeão.

O São José EC jogava por uma vitória simples, isso porque, tinha a vantagem de jogar pelo empate no placar agregado por conta da melhor campanha. Dener Silva, de cabeça, foi o autor do gol do título. Agora, ambas as equipes começam o planejamento para a disputa do Paulistão A3, já que conquistaram o tão sonhado acesso

A partida começou bastante equilibrada, enquanto o Bandeirante tentou segurar a bola no ataque muito por conta da vantagem que tinha no placar agregado, o São José tentava responder em contra-ataques rápidos, apesar de jogar em casa. A melhor chance do time mandante veio aos 32 minutos. Breno arriscou da entrada da área e a bola bateu na marcação. Lucas Lino pegou o rebote e chutou rasteiro, mas parou em uma bela defesa do goleiro Barbato.

A resposta do Bandeirante veio dois minutos depois, quando Mendes viu o goleiro Matheus Lopes adiantado e chutou de muito longe, buscando o ângulo, mas a bola acabou explodindo no travessão. Nos minutos finais, o São José ainda teve o volante Gustavo Nicola expulso ao levar o segundo cartão amarelo. Mas a primeira etapa terminou mesmo com o empate sem gols.

Na volta do intervalo, apesar da vantagem, o Bandeirante foi para a cima e nos 10 primeiros minutos do segundo tempo, criou duas chances de abrir o placar.

Aos sete minutos, João Vitor arriscou da intermediária e Matheus Lopes fez a defesa em dois tempos. No minuto seguinte, Tatá driblou dois marcadores, invadiu a área e chutou cruzado, mas a bola acabou saindo rente à trave.

Depois disso, o São José foi para o tudo ou nada, afinal com apenas um gol a equipe chegaria ao título. Aos 18 minutos, Dener Germano avançou pela linha de fundo e bateu cruzado, mas o goleiro Barbato conseguiu fazer a defesa com os pés. Já aos 36 foi a vez de Meneghel cobrar falta com perigo e dessa vez o goleiro do Bandeirante espalmou para escanteio.

Do outro lado, o time visitante também teve uma boa chance. Aos 38, Rubim invadiu a área e bateu na saída do goleiro, que conseguiu se recuperar e fazer a defesa. No rebote, Agnaldo apareceu livre na área, mas não conseguiu completar para o gol. Nos acréscimos, o São José teve mais um jogador expulso, mas mesmo seguiu fazendo pressão e depois de tanto tentar, abriu o placar aos 45 minutos. Depois de uma cobrança de falta alçada na área, Dener Santos resvalou de cabeça e mandou para o fundo das redes. Como precisava apenas de um gol, o time mandante soltou o grito de campeão

 
*matéria cedida pelo Portal LR1
 



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »