07/12/2020 às 08h59min - Atualizada em 07/12/2020 às 08h59min

Escoteiros arrecadam e doam produtos para entidades

Atividade fez parte do Mutirão de Ação Comunitária, que ocorre anualmente em todo o país, e serviu também para comemorar os 50 anos do Grupo Escoteiro Dom Bosco, de Araçatuba

Marcelo Teixeira
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Escoteiros de Araçatuba, Ilha Solteira e Penápolis (SP) arrecadaram e doaram a entidades da região Noroeste Paulista cerca de 880 quilos de produtos, entre alimentos não perecíveis, de higiene, lacres de alumínio, tampinhas plásticas, blisters (cartelas vazias de comprimidos) e roupas. A atividade fez parte do MutCom (Mutirão Escoteiro Nacional de Ação Comunitária), que constitui o calendário dos Escoteiros do Brasil.

A comissária do 31° Distrito Escoteiro da Região de Araçatuba, Vânia Ferrari, explica que se trata de um momento em que os escoteiros de todas as regiões do país se reúnem para interagir de forma ativa em suas comunidades. "Várias opções são sugeridas e cada unidade escolhe aquela que melhor se encaixa na sua realidade. Como em 2020 o Grupo Do Bosco completa 50 anos de fundação, pensamos em arrecadar 50 quilos de tampinhas plásticas e lacres de alumínio, e convidamos outros grupos para participar conjuntamente", explica Vânia.



Juntaram-se ao Dom Bosco a Tropa e Alcateia Samurai, também de Araçatuba, o Grupo Escoteiro São Francisco de Assis, de Penápolis, e o Grupo Escoteiro Urubupungá, que fez arrecadação em parceria com o Colégio Euclides da Cunha, de Ilha Solteira. Por causa da pandemia da Covid-19, a coleta ocorreu por meio de drive thru. Os grupos coletaram 389 quilos de alimentos não perecíveis, 290 quilos de tampinhas plásticas, 76 quilos de blister, 75 quilos de lacres de alumínio e 50 quilos de roupas usadas.

Todos os materiais foram levados à sede do Grupo Dom Bosco, separados e encaminhados às entidades. Os alimentos foram levados à Associação Jesse e à LBV (Legião da boa Vontade), de Araçatuba, parceiras do Bom Bosco; as tampinhas e lacres, ao Hospital do Amor, de Jales; e os blisters, à Câmara Municipal de Araçatuba, que é um ponto de coleta – as embalagens são encaminhadas para uma empresa de reciclagem, e os recursos são investidos na aquisição de equipamentos, como cadeiras de rodas doadas a hospitais.

"O MutCom é uma oportunidade de proporcionar às crianças, adolescentes e jovens atividades de serviço que exerçam a função de estimular seu envolvimento com a comunidade, no intuito de promover a formação do indivíduo que queremos entregar à sociedade. Assim, os nossos jovens são empoderados no intuito de agregar na formação de um indivíduo consciente e engajado com o mundo ao seu redor. Para o ano que vem, a nossa intenção é continuar a campanha", finaliza Vânia.

 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »