04/12/2020 às 08h46min - Atualizada em 04/12/2020 às 08h46min

Polícia Civil prende suspeito de ter assassinado morador de rua com pedradas

Portal LR1
FUNCIONAMENTO - Deic já está funcionamento desde 1º de março no prédio da Central de Polícia Judiciária. ( Foto: Reprodução LR1)
Policiais civis da 3ª Delegacia de Homicídios de Araçatuba prenderam na última terça-feira (1) o desempregado Lucinei Pereira da Rocha, de 40 anos. Ele é suspeito de ter assassinado com pedradas Donizeti Aparecido de Oliveira, de 64 anos, em julho deste ano na praça da capela municipal, no bairro Planalto. Ambos eram moradores em situação de rua.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Antônio Paulo Natal, as imagens de câmeras de segurança nas imediações foram primordiais na identificação, além do depoimento de testemunhas.

“No dia do crime, o autor teve uma briga com a vítima por causa de pinga. O copo com a bebida caiu, o Donizeti teria dado um tapa no rosto do suspeito, versão essa que nós acreditamos ser mentira, ele pegou uma pedra e desferiu dois golpes na cabeça, um enquanto ainda estava de pé e outro já caído”, disse Natal em entrevista.

Após o homicídio, o suspeito fugiu. A Justiça expediu mandado de prisão temporária contra ele. Na tarde da última terça, um investigador estava em diligências perto do estádio municipal quando encontrou Rocha. Ele foi detido e levado até a delegacia, onde confessou o crime. O delegado revelou, ainda, que o indiciado não sabia que o desafeto tinha falecido.

Ele permaneceu preso e foi encaminhado para a cadeia pública de Penápolis. A prisão é válida por 30 dias. A Polícia Civil espera ouvir mais testemunhas e pedir a preventiva do acusado.

 
*matéria cedida pelo Portal LR1
 

 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »