01/12/2020 às 08h30min - Atualizada em 01/12/2020 às 08h30min

Fim de semana termina com mais festa clandestina em Araçatuba

Portal LR1
Foto: Reprodução LR1
Mais uma festa clandestina foi flagrada pela Polícia Militar de Araçatuba nesse fim de semana. Dessa vez, na madrugada de domingo (29). A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL já havia noticiado no sábado (28) sobre um evento com aglomeração de pessoas nas Chácaras Versailles. No segundo caso, a festa ocorria em um sítio. O mesmo DJ flagrado no primeiro dia também estava no local e foi detido pela terceira vez.

A reportagem apurou que os policiais receberam informações pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) a respeito do evento clandestino pela rua Zequinha de Abreu. Imediatamente, as equipes da 1ª Cia e da Força Tática foram até o endereço e flagraram cerca de 200 pessoas aglomeradas, sem máscara e sem o mínimo de distanciamento.

Quando as viaturas chegaram, muitos participantes fugiram, inclusive o organizador do evento. Os responsáveis pelos equipamentos de som e pelos dispositivos utilizados pelo DJ foram detidos. A polícia apreendeu pinos contendo cocaína, bebidas alcoólicas e equipamentos de som.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes. Enquanto o boletim de ocorrência era registrado, o mesmo DJ que já havia sido detido na noite anterior e em outra festa na semana anterior se apresentou. Ele e os outros suspeitos foram ouvidos e liberados. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

MAIS FESTAS

No sábado, 24 horas antes do segundo flagrante, os PMs receberam denúncia de perturbação de sossego no bairro Chácaras Versailles. No local era realizada uma festa denominada ‘Os Atentados’.

Diante disso, as viaturas se deslocaram para fazer a averiguação na rua João Francisco Ferreira. Chegando lá, os PMs flagraram os envolvidos. Um repositor de 21 anos foi identificado como o organizador do evento, além de um DJ com a mesma idade que tocava no endereço. Este já havia sido detido há uma semana em outra festa clandestina no bairro Chácaras Arco-Íris.

A dupla foi levada para a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. Eles vão responder por infração de determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa. Depois de ouvidos foram liberados.

 
*matéria cedida pelo Portal LR1
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »