30/11/2020 às 16h52min - Atualizada em 30/11/2020 às 16h52min

Promotor de vendas é preso ao deixar professora em cárcere privado

Portal LR1
Foto: Reprodução LR1
Um promotor de vendas de 27 anos foi preso na noite de domingo (29) suspeito de sequestro, lesão corporal e violência doméstica contra uma professora de 23 anos. O caso aconteceu em uma casa no bairro Nova Iorque, em Araçatuba. Consta no registro policial que a vítima teria um relacionamento amoroso com o indiciado.

Os policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando foram chamados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para o endereço onde havia informação de gritos de uma mulher por socorro. Ao chegarem até lá, os PMs localizaram a casa e foram recebidos pelo indiciado, que só estava de cueca.

Ele disse que iria abrir a porta, mas demorava muito. Enquanto isso, a jovem continuava gritando para que ele tirasse a mão dela. As equipes tiveram que entrar por uma janela e constataram que a porta do quarto estava trancada. Eles ordenaram que o autor a abrisse, mas ele disse que não achava as chaves certas.

Os policiais arrombaram a porta e encontraram o suspeito e a professora. Ela apresentava algumas lesões no pescoço e havia sangue no chão. A declarante não tinha condições de prestar esclarecimentos, já que estava bastante nervosa e assustada.

Já o promotor de vendas alegou que não havia feito nada e era namorado da vítima. Diante da situação ali encontrada, o autor recebeu voz de prisão e foi conduzido até a delegacia. O delegado plantonista decidiu manter a detenção e deixá-lo à disposição da Justiça. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o ocorrido.

 
*matéria cedida pelo Portal LR1
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »