27/11/2020 às 09h46min - Atualizada em 27/11/2020 às 11h20min

O que fazer para ajudar seu filho a estudar online durante a pandemia

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

Quando as salas de aula ficaram online devido à pandemia de COVID-19, isso marcou não apenas uma grande transformação na educação dos estudantes, mas também no envolvimento dos pais na educação de seus filhos. 

 

As escolas passaram a se comunicar online por e-mail ou telefone para manter o contato com os pais, e cada família teve que determinar até que ponto era possível apoiar a aprendizagem remota. 

 

Procurar por loja de brinquedos educativos ou ajudar mais ainda com as tarefas escolares, por exemplo, se tornaram atitude mais frequentes dos pais. 

 

Porém, agora, existe uma maior dependência da tecnologia não apenas para a comunicação entre professores e pais, mas também para as aulas e realização de tarefas de casa. 

 

É cada vez mais provável que os alunos se envolvam na aprendizagem online ou híbrida (tanto em sala de aula quanto online), e isso não se deve apenas à pandemia - tem havido um aumento da aprendizagem online nos sistemas escolares. 

 

Felizmente, pequenas atitudes de apoio e incentivo dos pais podem ter um grande impacto no sucesso do aluno. Continue a leitura e descubra o que fazer para ajudar seu filho a estudar online durante a pandemia! 

 

Dicas para ajudar as crianças a estudarem online

Em meio às diversas restrições e barreiras que as famílias estão enfrentando neste momento delicado, há inúmeras maneiras pelas quais os pais podem e apoiam a educação de seus filhos. 

 

Aqui está uma lista com algumas dicas para ajudar as crianças a estudarem online. 

 

Motivar tendo um interesse

Os pais podem ser uma importante fonte de motivação para os filhos, mas não apenas em termos de reprimendas e recompensas. 

O envolvimento dos pais, que gentilmente motiva os alunos por meio de incentivo e apoio, tem se mostrado eficaz na promoção do sucesso do aluno.

 

A motivação para persistir é particularmente importante para a educação online. 

Alguns alunos podem exigir que os pais se sentem fisicamente com eles quando estiverem participando do aprendizado online, enquanto outros se beneficiam mais de verificações periódicas dos pais. 

 

Oportunidades casuais para compartilhar verbalmente resultados de aprendizagem e atividades com seus familiares também podem beneficiar os alunos.

 

Mesmo o envolvimento dos pais com nuances, como transmitir a crença de que os alunos terão sucesso ou passar um tempo de qualidade expressando interesse e cuidado, pode ajudar a motivar os alunos a perseverar nos desafios.

 

Evite distrações

A maioria das crianças interage com dispositivos desde os dois anos de idade, se não antes - mas geralmente é usado para se divertir ou como uma distração. 

 

Agora que o objetivo mudou para o aprendizado online, temos que ajudá-los a repensar como usam esses dispositivos. 

 

Você pode desligar as notificações para dispositivos iOS usando “tempo de tela” para limitar o tempo em aplicativos, e em dispositivos Android você pode ligar o “modo de foco” para limitar o acesso a certos aplicativos durante horários específicos. 

 

Além dos dispositivos portáteis, também é importante minimizar as distrações, criando um espaço apropriado de aprendizagem para seu filho. 

 

Seja na mesa da cozinha ou em um canto designado na sala de estar, tente eliminar o máximo de distrações possível para que eles entendam que, quando estão neste espaço, devem se concentrar em seus trabalhos escolares.

 

Incentive as pausas

Dos blocos de instrução à hora do almoço, as escolas são construídas em torno de estrutura e rotina - e um componente-chave disso, independentemente da série, são os intervalos programados. O mesmo deve ser oferecido em casa também. 

 

Agende tempo livre, aprendizado prático ou caminhadas ao longo do dia, sem mencionar os intervalos para almoço e lanche, e compartilhe quando eles vão acontecer com seu filho. Dessa forma, eles podem medir seu dia em um relógio, como fariam na escola. 

 

Também é importante lembrar que a escola não é só aprendizagem acadêmica; uma parte significativa do que as crianças aprendem na escola são habilidades sociais. 

 

Embora as interações sociais pessoais possam ser pausadas, certifique-se de que seu filho ainda mantenha esses relacionamentos por meio de chats de vídeo com amigos. Outra ideia que pode ser divertida é ensinar seu filho a usar e-mail iniciando uma amizade por correspondência.

 

Ajude os alunos a organizar o ambiente de aprendizagem em casa

Alguns alunos podem ter dificuldade quando recebem a tarefa de concluir seus trabalhos escolares online, porque os ambientes domésticos são geralmente menos estruturados do que a escola. 

 

Um pouco de planejamento na gestão dos espaços domésticos para aprendizagem, recursos de tecnologia e rotinas pode percorrer um longo caminho em termos de redução proativa do estresse doméstico e do apoio aos alunos durante o aprendizado em casa.

 

Organizar o local de estudo para aprendizagem remota dentro de casa pode envolver o estabelecimento de novas rotinas familiares. 

 

Tanto os alunos quanto os pais podem refletir sobre as experiências anteriores de aprendizado remoto para entender que tipo de ambiente e rotinas permitem que todos sejam produtivos em casa.

 

Toda a família pode se esforçar para organizar o ambiente doméstico para dar o máximo de apoio possível às necessidades dos alunos online. 

 

Ao promover rotinas familiares complementares às responsabilidades, preferências, necessidades de recreação, atividades físicas e tempo fora da tela dos alunos on-line, os pais podem promover o sucesso dos alunos.

Conclusão

Ao motivar os alunos, encorajando sua autorregulação, ajudando-os a organizar o ambiente de aprendizagem em casa, mantendo a comunicação entre a escola e a casa e oferecendo apoio educacional, o envolvimento dos pais tem o potencial de influenciar positivamente os resultados de aprendizagem dos alunos. 

 

Esperamos que tenha gostado das dicas e que agora esteja mais claro o que pode fazer para ajudar seu filho a estudar online durante a pandemia! 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »