10/11/2020 às 12h48min - Atualizada em 10/11/2020 às 16h46min

Estão abertas as inscrições para residência médica no HUB

Residência médica fornece experiência prática importante para médicos recém-formados

SALA DA NOTÍCIA Débora Ramos
Divulgação/iStock
 

A residência médica é uma etapa importante no processo de formação e profissionalização de médicos e profissionais da saúde nas mais diversas áreas. Apesar de não ser obrigatória, ela é uma opção de aperfeiçoamento importante, sendo cobrada em concursos públicos e clínicas privadas por oferecer uma experiência prática muito útil para quem finalizou a graduação.

 

No final de outubro, o Hospital Universitário de Brasília publicou o edital de residência multiprofissional para as áreas de Atenção Básica, Atenção Oncológica e Atenção Cardiopulmonar, contemplando profissionais nas áreas de enfermagem, nutrição, odontologia, psicologia, farmácia, entre outros, com um total de 27 vagas sendo ofertadas. A banca organizadora do processo seletivo é a Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). As inscrições podem ser feitas no próprio site da Cebraspe até 15 de novembro de 2020. A taxa de participação é de R$ 325,00, e as provas serão aplicadas em 13 de dezembro, no Distrito Federal.

 

A pandemia causada pelo novo coronavírus resultou em um período com poucos lançamentos e anúncios de editais, provas e concursos no geral, já que as instituições precisaram se adequar às novas normas de saúde, garantindo a segurança dos candidatos no momento da aplicação. Este período serviu como momento de descanso e preparação para muitos candidatos, enquanto aguardavam a normalização do cenário. Agora, o número de editais e concursos abertos voltou a crescer, exigindo atenção de profissionais de diferentes setores.

 

As etapas de seleção para a Residência HUB vão demandar um preparo amplo dos candidatos, com questões exigindo um alto nível de raciocínio e reflexão, além do conhecimento sobre conceitos teóricos. A prova será objetiva e dividida em duas partes, sendo a primeira de conhecimentos básicos, com 40 itens que vão abordar políticas de saúde, interação entre diferentes ambientes, normas de segurança, entre outros pontos. Já a segunda parte, com 60 itens, abordará conhecimentos específicos.

 

A bolsa oferecida para os ocupantes das vagas será no valor de R$ 3.330,43. Para se inscrever, é necessário possuir diploma, certificado ou declaração de conclusão de curso de graduação na respectiva área profissional, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), de acordo com as opções oferecidas. Para quem conseguir a vaga, é necessário dedicar-se exclusivamente ao programa de residência, não sendo permitido possuir outro vínculo empregatício que não a residência.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »