07/11/2020 às 16h53min - Atualizada em 07/11/2020 às 16h53min

ISS-QN já injetou R$ 2 milhões na região de Lins este ano

Portal LR1
Município de Guarantã, com cerca de 7 mil habitantes, registra maior repasse da região de Lins (Foto: Reprodução Portal LR1)


A região de Lins recebeu, de janeiro até setembro de 2020, cerca de R$ 2 milhões em repasses provenientes do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza, o ISS-QN. Os números aparecem em balanço da ARTESP, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo, solicitado pelo jornal O LIBERAL REGIONAL.
 
O município da região que mais recebeu repasses foi Guarantã, que passou dos R$ 800 mil arrecadados nos primeiro nove meses do ano. Já o município que menos arrecadou foi Guaiçara, com pouco mais de R$ 100 mil. Em Lins, foram mais de R$ 220 mil de arrecadação com o ISS-QN.
 
Os valores arrecadados incidem sobre as tarifas de pedágio das rodovias estaduais que integram o programa de concessões rodoviárias do governo estadual. Desde 2000, quando o ISS foi incorporado, um monte de praticamente R$ 20 milhões já foi repassado a seis cidades da região de Lins.
 
Ao longo dos últimos 20 anos, o município mais beneficiado com os repasses na região linense foi Cafelândia, que recebeu pouco mais de R$ 4,9 milhões. Guarantã, município que mais arrecadou esse ano, vem em segundo com R$ 4,6 mi. Lins arrecadou pouco mais de R$ 3,5 milhões. Pongaí foi o município que menos recebeu, com pouco menos de R$ 500 mil.
 
A alíquota do imposto é definida por legislação federal e regulamentada pelos municípios, por isso varia para cada prefeitura. O repasse é feito proporcionalmente à extensão das rodovias sob concessão que atravessam o município.
 
A verba pode ser utilizada em áreas em que o município considerar prioridade, como saúde, segurança, educação, transporte ou infraestrutura, contribuindo para o orçamento das cidades.
 
A quantia arrecadada na região de Lins de janeiro a setembro teve uma queda de pouco mais de R$ 100 mil reais, uma queda de aproximadamente 5%.
 
Região de Lins 2000 a 2020 (R$) Só em 2020 (R$)
Cafelândia 4.967.849,56 375.920,23
Guarantã 4.653.943,08 803.659,62
Promissão 4.261.564,55 377.252,69
Lins 3.527.111,18 222.389,60
Guaiçara 1.603.729,30 101.117,53
Pongaí 469.547,84 166.649,57

*matéria cedida pelo Portal LR1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »