30/10/2020 às 09h25min - Atualizada em 30/10/2020 às 15h09min

Roberto Londoño Uribe transforma sentimentos em arte

Colombiano busca levar mensagem ao público através de suas obras

SALA DA NOTÍCIA OCBAL
https://www.ocbal.com.br/
Acervo pessoal

O artista plástico colombiano Roberto Londoño Uribe consegue transformar sentimentos em arte, fato que o destaca entre muitos nomes em seu país.
Por toda sua trajetória e seu estilo único de pintar, além de representar a Colômbia no mundo através de suas obras, a OCBAL (Organização Cultural Brasil América Latina) presta homenagem ao artista com um Certificado de Reconhecimento Internacional.
“Impossível não perceber a sensibilidade e a alma do artista nas obras de
Roberto Londoño Uribe. A OCBAL sente-se honrada em poder emitir este importante Certificado de Reconhecimento Internacional por tudo que faz pela arte e por tão bem representar a Colômbia no mundo”, disse o presidente da OCBAl, Antonio Marques.

A trajetória de Roberto Londoño Uribe

Roberto Londoño Uribe nasceu em 21 de agosto de 1956 em Neiva – Huila, Colômbia.Ele pinta de acordo com seu humor, expressa sentimentos em vez de formas, procurando um aspecto crítico na platéia para deixar uma mensagem que os sensibilize.

Com pontos claros e escuros, fornece formas e contrastes de cores simultâneos, brincando com efeitos de iluminação e decomposição de valores de cores.
Representa a experiência e o cotidiano, deixando a imaginação da pessoa que interage com o trabalho para que, com sua capacidade de relacionamento e associação, possa interpretar livremente.
Suas atividades artísticas começaram em 2006, desde então, ele participou de diferentes exposições coletivas, como a Celebração do 30º Aniversário da Galeria de Oficinas Arturo Flórez em 2010, exposições do Museu de Arte Contemporânea da Huila MACH em Sobre o místico, 2011; Neiva 400 anos de cor, 2012; 100 anos de Descoberta Científica da Cultura Agostiniana, 2014; Cores e linhas para construir a paz, 2015. Participou de outras exposições artísticas, como o V Festival Internacional de Pintura da Cidade de Laboyos, 2012; Shopping San Pedro Plaza MIRARTE, 2012 e VI Exposição Temática da Huila, 2013.

Suas ilustrações foram publicadas em livros como “Neiva Transformaciones y Sueños”, do sociólogo e historiador Aldemar Macías em 2011 e na edição mais recente da revista Ágora Salom Trazos de Sensualidad em 2018.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »