29/10/2020 às 08h36min - Atualizada em 29/10/2020 às 08h36min

Uma data para se comemorar com muitas palavras em Araçatuba

Portal LR1
VALOR - Projeto de leitura da Academia Araçatubense de Letras que incentiva leitura de crianças durante o ano de 2019; mesmo com pandemia, ações ocorrem de forma alternativa. (Crédito: Academia Araçatubense de Letras)
Há 210 anos, a fundação da primeira biblioteca brasileira, a Real Biblioteca, no Rio de Janeiro, então capital do Brasil, motivava a criação do Dia Nacional do Livro. A data é celebrada nesta quinta-feira e com muitos motivos para comemoração em Araçatuba.

Neste ano, em virtude da pandemia, um dos eventos mais tradicionais de incentivo à leitura no município, o Festival Literário de Araçatuba, não pôde ser realizado.

Nem por isso, ações, seja de grupos, individualizadas ou pela internet, têm deixado de acontecer. Reeleita na semana passada, a diretoria da Academia Araçatubense de Letras prepara, para as próximas semanas, uma homenagem a dos dois maiores nomes da literatura brasileira: João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector, já falecidos.

Ambos os autores completariam, em 2020, cem anos de idade. O autor pernambucano legou uma das obras literárias mais destacadas de todos os tempos, “Morte e Vida Severina”, enquanto a ucraniana naturalizada brasileira deixou como “herança” clássicos como “A Hora da Estrela” e “Laços de Família”.

As homenagens ocorrerão por meio de lives feitas por membros da própria academia conhecedores profundos da trajetória destes escritores: Tito Damazzo e Carlos Brefore, com a participação de outros acadêmicos. Desde o início do ano, a academia planeja alguma ação de valorização da memória destes escritores, mas, com a pandemia, eventos que seriam realizados em teatros com declamações tiveram que ser cancelados

NA INTERNET

Não há pesquisas indicativas de quantos livros os araçatubenses leem, em média, por ano. Mas, além de ter uma academia literária que, em 2022, chegará a 30 anos de existência, o crescente movimento de escritores que divulgam suas crônicas, poesias e seus contos nas redes sociais revela que a paixão pela “arte da palavra” é grande na cidade. Páginas no Instagram e no Facebook são abastecidas com textos diariamente, rendendo inúmeros comentários e curtidas. Há ainda blogs que dedicam a passar mensagens de estímulo à leitura. É a prova do espaço que a literatura vem ocupando nas redes sociais.

Apesar das dificuldades se produzir uma obra, quer pelos custos, quer pelo tempo de dedicação à produção, em média, são publicados dez livros na cidade por ano, conforme estimativa da Academia Araçatubense de Letras. Para citar alguns exemplos de autores locais que, neste ano realizaram o sonho da publicação, dois membros do Grupo Experimental da academia, Tony Teodoro e José Hamilton Brito, lançaram livros de contos.

REMÉDIO

No atual momento vivido pela sociedade, há quem entenda que o livro pode ser um grande amigo. É o que defende Larissa Buzati Meca, professora de Literatura no Colégio Degrau, de Araçatuba. Para ela, a leitura acaba sendo uma opção para se manter a mente viva, enriquecer o vocabulário, além de levar as pessoas a esquecer das dificuldades do dia a dia.

“Ler é um remédio para a vida e para a alma. Quando lemos, entramos em contato com universos inimagináveis, os quais não estão disponíveis em nosso cotidiano. É o momento em que admitimos as mais inúmeras narrativas e nos apropriamos delas. É quando podemos democratizar as ideias e situações, conseguimos ser empáticos”, afirma.

“Enfim, nesta quarentena, quando nos sentimos enfadados ou desesperançosos, abrimos um livro. A arte nos enleva quando a realidade não agrada ou quando não é suficiente”, conclui a professora.

CURIOSIDADE

Conta a história que, no dia 29 de outubro, a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil e tornou-se a Biblioteca Nacional. Porém, o acervo chegou ao Rio de Janeiro antes, em 1808. Além de livros, havia manuscritos, mapas, estampas, moedas e medalhas. Hoje, é um dos maiores acervos das Américas.

 
*matéria cedida pelo Portal LR1

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »