27/10/2020 às 09h50min - Atualizada em 27/10/2020 às 11h24min

Empréstimos e casamentos: como encontrar a melhor opção?

Conheça as opções de empréstimo para realização da festa de casamento e veja qual é a melhor para você.

SALA DA NOTÍCIA Isabella Proença

Realizar uma festa de casamento ainda faz parte dos sonhos da maioria dos casais, porém muitos acabam adiando esse desejo por questões financeiras. Afinal, o que fazer quando as finanças do casal não são suficientes para dar esse importante passo? Nesta situação, solicitar um empréstimo para casamento pode ser uma boa opção. 

 

Há pessoas que não consideram esta uma boa ideia, pois acreditam que não é viável iniciar a vida a dois com parte da renda comprometida. No entanto, quantos casais conseguem pagar à vista a festa de casamento, a lua de mel e ainda mobiliar a casa nova?

 

Provavelmente, em algum momento, o cartão de crédito e o cheque especial serão utilizados. Entretanto, o que poucos sabem, é que essas duas formas de pagamento também são modalidades de empréstimo e possuem as taxas de juros mais altas do mercado.

Quais são as vantagens e as desvantagens de pegar um empréstimo para casar?

É possível realizar uma cerimônia de casamento simples, gastando pouco dinheiro, porém, dependendo do tamanho da festa, o cenário muda. Organizar um grande evento significa que será necessário fazer um orçamento com, ao menos, 15 itens. São eles:

 
  1. alimentação;
  2. doces;
  3. bebidas;
  4. convites;
  5. espaço;
  6. decoração;
  7. música;
  8. vídeo;
  9. fotografia;
  10. cerimônia civil;
  11. cerimônia religiosa;
  12. traje do noivo;
  13. vestido da noiva;
  14. dia da noiva,
  15. lua de mel.
 

É importante ressaltar que a lista acima inclui apenas itens gerais. Uma organização real pode ser ainda maior e mais detalhada, acrescentando outros itens, como: lembrancinhas, segurança, adereços para a pista de dança, topo do bolo, estacionamento, etc.

 

São muitos custos envolvidos, assim como diversos fornecedores. Por esse motivo, é normal que os noivos percam o controle das finanças e paguem por alguns serviços no cartão.

 

Partindo deste princípio, a principal vantagem de pegar um empréstimo para casamento é que você terá todo o dinheiro que precisa em mãos. Não será necessário parcelar os valores, nem usar o cartão de crédito, tampouco o cheque especial.


Com isso, você deixa de contrair uma dívida alta e contrata um crédito muito mais saudável. Ademais, o pagamento à vista possibilita a negociação de preços muito menores com todos os fornecedores.

 

Há casais que preferem juntar dinheiro durante anos para, só depois, realizar a tão esperada festa de casamento. Contudo, contratar um empréstimo significa fazer o processo oposto e não ter que esperar tanto: primeiro, você faz a festa; depois, paga aos poucos.

 

Porém, solicitar essa modalidade de crédito pode não ser uma boa alternativa se as taxas de juros atreladas à operação forem muito altas, fazendo com que você caia em um endividamento ruim.

Qual é o melhor tipo de empréstimo para financiar um casamento?

O melhor empréstimo é sempre aquele que oferece as menores taxas de juros e os prazos mais longos para efetuar o pagamento. No mercado, ainda não existe uma linha de crédito especial para casamento, a não ser o consórcio de serviços, que pode ser utilizado para este fim, porém, há como explorar as modalidades livres. 

 

Elas são aquelas que permitem ao cliente utilizar o dinheiro da forma que bem entender. Entre as mais populares, estão: empréstimo pessoal, empréstimo com garantia e empréstimo consignado.

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é um tipo de crédito viável a todas as pessoas físicas. Esta linha está disponível na maioria das instituições financeiras e possui taxas de juros que chegam a 129% ao ano, mas o prazo de liberação dos recursos costuma ser de até 48 horas.

Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia é a modalidade de crédito que tem uma das taxas de juros mais baixas e o maior prazo de parcelamento do mercado. Isso porque, ao pôr um bem como garantia, como um carro ou um imóvel, você dá mais segurança à instituição financeira.

 

Para quem está empenhado em conseguir um empréstimo para casamento, esta pode ser uma boa alternativa. Quando a garantia é um imóvel, por exemplo, o cliente pode conseguir uma taxa de juros de 15,25% ao ano e um prazo máximo de 240 meses para pagar. 

 

Já quando a garantia é um carro, a menor taxa é de 25,19% ao ano. De  todo modo, para conseguir essas condições, o cliente terá que passar por uma análise de crédito.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade bem vantajosa para aposentados e servidores públicos, uma vez que eles conseguem taxas muito baixas — entre 26 e 28% ao ano.

 

Em alguns casos, funcionários do setor privado que trabalham com carteira assinada também conseguem esse tipo de empréstimo, mas, para eles, as taxas são mais altas — 43% ao ano. A parcela do consignado é descontada direta e automaticamente da fonte de renda ou da folha de pagamento.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »