20/10/2020 às 12h15min - Atualizada em 20/10/2020 às 16h18min

‘H.Werner Perícias & Avaliações’: uma história construída pela dedicação aos clientes e gratidão aos parceiros do setor

A 'Manoel Bernardes', uma das maiores redes de joalherias do pais, foi a porta de entrada do perito e gemólogo Hugo Werner Flister no setor:  "Sou grato pela oportunidade e parceria com os Bernardes que dura até hoje!"

SALA DA NOTÍCIA Jornalista Felipe de Jesus
Foto: F.JJ

O perito e gemólogo Hugo Werner Flister fazendo uma avaliação - Foto: Felipe JJ

C
hegar aos quase 40 anos de mercado, mantendo a mesma qualidade de atendimento não é para qualquer um, principalmente no setor de perícia e avaliação de pedras e metais preciosos que requer total atenção. Um bom exemplo disso está na 'H.Werner Perícias & Avaliações’, que construiu a sua história através da dedicação aos clientes e gratidão aos parceiros, como exemplo, a cotada joalheria mineira 'Manoel Bernardes'. De acordo com o perito e gemólogo Hugo Werner Flister (que faz parte da ASPEJUDI), ele foi influenciado a entrar no setor, graças a grande oportunidade na 'Manoel Bernardes'. "Iniciei minha carreira profissional nesta empresa que é referência no mercado. Dentro da Manoel Bernardes aprendi muito da profissão e da conduta ética". Confira o bate papo (abaixo) sobre essa incrível história de dedicação e gratidão.

- Hugo Werner Flister, conte para os leitores: como você iniciou nesta profissão?

Foi no início dos anos de 1980, quando fui contratado por uma conceituada joalheria, como vendedor bilíngue (alemão).

- Como foi ter essa experiência?

Vejo como sorte ter vivido esta época, em que no Brasil o turismo era intenso, movimentando: hotéis, cidades históricas, todo comércio, como também, o das joias e gemas (pedras preciosas brasileiras) mundialmente conhecidas.

- O que te fez continuar na profissão?

Talvez o destino, mas, o mundo dourado e colorido do ouro e das pedras preciosas encantam as pessoas, eu acredito. Mas além do encantamento, fui influenciado pela boa experiência ao iniciar minha carreira profissional numa empresa que é referência neste mercado, a Manoel Bernardes, pois, no período que lá estive, fui privilegiado em conviver com qualificados profissionais que muito me ensinaram da profissão e de conduta ética.

- Por que a escolha pela área técnica?

Mesmo durante a experiência na área comercial, já visualizava a importância da gemologia em garantir a legitimidade e a qualidade dos materiais comercializados, e então, o foco passou a ser a área técnica. Com formação universitária, me especializei em diamantes, gemas (pedras coradas) e joias.

- Quando você se tornou parte da Perícia Técnica Oficial?

Sou Perito Judicial desde o ano de 1997, atuando no poder judiciário de Minas Gerais, como perito oficial Gemólogo em processos de variadas naturezas, como: execuções, espólios, penhoras, furtos, partilhas e etc.

- Você também faz Perícia Técnica Particular?

Atendemos um público variado, desde garimpeiros para analisar e certificar uma amostra encontrada, até grandes partilhas para herdeiros de famílias tradicionais, certificação de diamantes, pedras preciosas e joias. Tudo isso para particulares, empresas e profissionais do ramo joalheiro.

- Depois de todo esse tempo trabalhando no setor, qual conclusão você faz de tudo isso?

Agora, chegando aos 40 anos de atividades, com aprendizado diário, sou grato aos meus apoiadores, em especial aos que me iniciaram e ensinaram esta profissão.

■ Não perca mais tempo

Tem alguma joia ou pedra preciosa em casa? Então agende uma visita na “H.Werner Perícias & Avaliações”. O escritório está na Rua Pernambuco nº353 – Sala: 1005 – Bairro Funcionários – Belo Horizonte / Minas Gerais | esquina com Avenida Brasil. Os atendimentos são feitos através de agendamento pelos telefones: (31) 3273-2648 ou pelo: (31) 99907-5881 (clique aqui e fale direto no whastapp). E-mail: hugowernerperito@yahoo.com.br .

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »