27/08/2020 às 17h26min - Atualizada em 27/08/2020 às 17h26min

Rússia libera imagens secretas de teste com a bomba nuclear mais poderosa do mundo

TNT

HISTORY
Em 1961, a União Soviética testou a bomba nuclear mais potente já produzida. No dia 30 de outubro daquele ano, a RDS-220, ou Tsar Bomba ("Bomba do Czar"), explodiu com a força de mais de 50 milhões de toneladas de TNT. Agora, imagens confidenciais da explosão foram liberadas pela primeira vez, em um documentário produzido pela agência estatal atômica da Rússia.

A Tsar Bomba era um monstro de 8 metros de altura e 2,6 metros de diâmetro, que pesava mais de 27 toneladas, e causou a maior explosão provocada por seres humanos na história. Ela era tão poderosa que seu clarão foi visto a mais de mil quilômetros de distância do local do teste, a ilha de Nova Zembla, no oceano Ártico. Também foram relatados prejuízos de todos os tipos, como casas danificadas, telhados desabando e janelas quebradas. 

Originalmente, o premiê soviético Nikita Khrushchev havia ordenado a produção de uma bomba de 100 megatons. Mas a arma que acabou testada tinha "apenas" 50 megatons. Para se ter uma ideia, mesmo com a redução, a bomba era tão grande que as portas de lançamento e os tanques de combustível das asas do Tu-95 (avião de onde ela foi lançada) tiveram de ser removidos. 

A potência da Tsar Bomba era 1500 vezes superior à das bombas de Nagasaki e Hiroshima combinadas. Sua explosão aconteceu quatro mil metros acima do solo. Como a bola de fogo não chegou a fazer contato com o chão, felizmente houve uma quantidade surpreendentemente baixa de radiação.

Devido ao seu enorme tamanho, a Tsar Bomba não servia aos propósitos de guerra, pois era praticamente impossível de ser transportada. A falta de praticidade da arma indica que ela foi criada basicamente para ser usada como propaganda na Guerra Fria, como forma de intimidar os Estados Unidos. Confira abaixo as imagens do teste (o lançamento da bomba acontece a partir de 21 minutos e 50 segundos do documentário):
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »