07/08/2020 às 16h38min - Atualizada em 07/08/2020 às 16h38min

Na Semana dos Pais, especialista alerta para os cuidados do homem com a saúde bucal

Homens têm a tendência de só procurar profissionais da saúde, em geral, quando estão com algum problema já avançado e isso não é diferente quando assunto é o cuidado com a boca

Marcelo Teixeira
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Pesquisa realizada pelo Centers for Disease Control and Prevention (Centros de Controle e Prevenção de Doenças), agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, aponta que os homens são menos proativos do que as mulheres na manutenção de dentes e gengivas saudáveis. No quesito saúde bucal, elas são melhores, já que visitam com mais frequência o consultório odontológico. Por isso, com a proximidade do Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo (9 de agosto), a ABO (Associação Brasileira de Odontologia) alerta para os cuidados que os homens devem ter com sua saúde bucal.

Por buscarem menos os serviços de saúde, eles consequentemente são mais suscetíveis às complicações de doenças gengivais, como a gengivite, caracterizada por gengivas vermelhas, inchadas ou flácidas e que podem sangrar durante a escovação ou o uso do fio dental; e a periodontite, progressão da gengivite não cuidada e que com o tempo destrói as estruturas que envolvem e sustentam os dentes. Outra alteração que pode ser notada é o mau hálito.

A cirurgiã-dentista de Araçatuba (SP), Andressa Rossi Ferreira, explica que para prevenir ou acabar com qualquer doença bucal, nada melhor do que praticar aquela velha e boa higiene. "Escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia e logo após as refeições, fazendo o uso do fio dental, é um ótimo começo para evitar não só a gengivite e o mau hálito, como também a cárie", diz ela.

Escova adequada

Outra dica da profissional é sobre a utilização da escova dental correta. Segundo a especialista, os homens não costumam ligar muito para tipos de escova de dentes e pegam a primeira que encontram à venda, mas Andressa garante que a higiene pode ser muito mais eficaz usando as ferramentas corretas. "As escovas com lados flexíveis são ótimas para contornos de dentes e gengivas, capazes de remover mais placa bacteriana. Essa escova ajuda a proteger a boca das doenças gengivais e periodontais, com cerdas extra macias que proporcionam uma limpeza confortável", orienta.

"É fundamental também que o paciente visite o seu dentista pelo menos uma vez ao ano, e não só quando a dor já estiver latente. Nesses casos, o tratamento pode ser mais longo e as consequências, piores do que seriam se tivesse procurado atendimento logo no começo do incômodo", completa Andressa.

 A dentista explica ainda que problemas que seriam simples com um diagnóstico precoce podem se transformar em algo grave. "Pode-se dizer que o câncer bucal tem uma prevalência maior nos homens principalmente pelo o uso abusivo de álcool e fumo, e por não cuidarem da boca da forma correta. Nunca é tarde para começar seus cuidados com a saúde bucal, e é primordial que no caso de qualquer mudança na boca, um profissional seja procurado", finaliza a cirurgiã-dentista.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »