10/01/2018 às 07h49min - Atualizada em 10/01/2018 às 07h49min

Ponte Branca encontra-se interditada em Salmourão

Erosão em uma das cabeceiras da ponte oferece grande risco aos veículos que trafegam pelo local

Lucas Reis, especial para o AtaNews
Erosão provocada pelas chuvas próximo à cabeceira da ponte levou a prefeitura a interditar um trecho da estrada (Foto: Lucas Reis)
Foi interditada na noite de ontem (9), por volta das 19h00 à ponte do Córrego Barreira, conhecida popularmente como Ponte Branca, que dá acesso e faz a ligação entre os municípios de Salmourão e Rubiácea na vicinal Antônio Gonçalves de Castro.

A interdição se deu devido uma grande erosão que atingiu uma das cabeceiras da ponte após as chuvas que caíram durante a tarde desta última terça-feira. Com quase 1 metro de extensão e grande profundidade, o tráfego de veículos no local tornou-se perigoso e fez com que a Prefeitura de Salmourão interditasse e desviasse o fluxo de veículos.

Compareceram no local para auxiliar na interdição da via os servidores da vigilância pública municipal e também uma equipe da Polícia Militar que orientou funcionários do almoxarifado municipal sobre os pontos de interdição.



O tráfego está temporariamente desviado, sendo que os veículos que passarem pela vicinal deve utilizar outra estrada rural, conhecida como a Estrada do Barreiro, que se inicia logo após a grande figueira e termina na curva, próximo a entrada da Fazenda Bem-te-vi.

Foram colocadas placas de trânsito, sinalizando o impedimento do fluxo e também uma sinalização luminosa para que os motoristas pudessem avistar de longe os avisos de perigo na estrada vicinal e assim, poderem realizar o desvio com segurança.

A equipe de reportagem do Portal AtaNews compareceu no local e registrou algumas imagens do resultado proveniente da ação das chuvas. A Polícia Militar orienta ainda aos motoristas não insistam em trafegar pelo local, pois a ponte está também com as cabeceiras penduradas e o risco de acidentes é iminente.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »